https://www.poetris.com/

02/07/2007 Em relação
Valdevinoxis

Colaborador

Em relação ao que o Naeno disse, só tenho a dizer que sou daqueles que escreve vários textos por dia. Não consigo evitar, sou incontinente (paciência!).
Em relação à pontuação dos poemas, fui, sou e serei sempre contra.
Em relação à utilização do mural... já fui menos crítico (culpa que também partilho).
Em relação ao tipo de discurso que de vez em quando vejo por aqui, só posso dizer que por vezes roça a falta de respeito pelo geral, precisamente porque não visa ninguém em particular (e quando assim for há que usar as PMs). Acusações e dizer mal, assim, para o ar é dar tiros para o meio do mato à espera que alguém seja atingido e grite. Não me parece certo mas, afinal de contas, quem sou eu?
Por último não há ninguém no mundo que possa dizer a outro o que é poesia ou não. Alguém mo diz, sem margem para dúvidas e me prova que estou errado? Eu só posso falar sobre o que gosto ou não gosto mas o que é que eu sei?
Por uma questão de honestidade há que repensar, sim, o Luso (está a ser feito) mas, acima de tudo, há que repensar a postura de quem o usa.

E mais não direi

Valdevinoxis

 


Links patrocinados