...adentrar outonal...

Data 07/10/2009 18:33:51 | Tópico: Poemas



...sinto já a temperatura a desfalecer lentamente, anunciando o adentrar outonal... à medida que as folhas maduras se desprendem dos ramos das árvores, imagino os nossos corpos despirem-se, sob o lampejo dum olhar faiscante, ao crepitar do fogo da lareira, entregarem-se à fúria arrebatadora da paixão, própria dos que amam como se o amanhã não viesse...



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=102097