a prostituta

Data 28/07/2010 22:29:23 | Tópico: Poemas -> Sombrios

ela alugava fitas que não assistia
e freqüentava o bar mais sujo da cidade
um dia olhou para o espelho
e descobriu que era bonita
e que tinha talento para prostituta.
resultado: nunca mais alugou nenhum filme
e passou a beber somente no quarto
onde ninguém sabe se ela montou
um negócio



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=143872