OS TEUS OLHOS

Data 07/08/2010 23:25:16 | Tópico: Sonetos

OS TEUS OLHOS

Devolvo os teus belos olhos desolada,
Mas, por que fazê-lo, se isso não almejo,
E em dizê-lo não sinto nenhum pejo?
Entrega-los-ei, pois, com a alma amargurada
Os verdes olhos que me diziam ser amada,
Fitaram-me, aguçando-me o desejo.
Os azuis já me negaram um doce beijo,
Minh’alma chorou triste, rejeitada.
Pelos olhos castanhos fui desprezada.
Revendo meus conceitos agora vejo,
Na negritude dos teus olhos o ensejo
De ver esta dor do meu peito arrancada

Devolvo-os, p’ra não cometer engano
Neste soneto shakespeareano

Fátima Almeida
12/04/10




Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=145329