https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

OS TEUS OLHOS

 
OS TEUS OLHOS

Devolvo os teus belos olhos desolada,
Mas, por que fazê-lo, se isso não almejo,
E em dizê-lo não sinto nenhum pejo?
Entrega-los-ei, pois, com a alma amargurada
Os verdes olhos que me diziam ser amada,
Fitaram-me, aguçando-me o desejo.
Os azuis já me negaram um doce beijo,
Minh’alma chorou triste, rejeitada.
Pelos olhos castanhos fui desprezada.
Revendo meus conceitos agora vejo,
Na negritude dos teus olhos o ensejo
De ver esta dor do meu peito arrancada

Devolvo-os, p’ra não cometer engano
Neste soneto shakespeareano

Fátima Almeida
12/04/10


 
Autor
fafahalmeida
 
Texto
Data
Leituras
840
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
5
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 07/08/2010 23:32  Atualizado: 07/08/2010 23:32
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: OS TEUS OLHOS
Um soneto pouco convencional mas que, no essencial, possui a sonoridade e força de um soneto de grande qualidade.

Aplaudo

Bj


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/08/2010 23:36  Atualizado: 07/08/2010 23:36
 Re: OS TEUS OLHOS
Um belo soneto! Um abraco carinhoso!