"ARTIFICAÇÃO"

Data 26/03/2011 00:32:17 | Tópico: Sonetos

Amordaço as palavras incessantes...
O lustro de uma escrita incandescente,
Magia sonhadora tão fluente!
A “artificação”, estados semblantes!

Poesia que traz tantos amantes,
Faz-nos levitar, escassos instantes,
Imortaliza a escrita destas gentes,
Profetiza-se em gostos indigentes!

Carga de criações tão adoradas,
O âmago das flores clareadas...
Um poeta respira a imensidão!

Em campos cultivados de palavras,
Ó poesia, tão bela, que em nós lavras
Os sonhos longos e a realização!

António Botelho

Mais sonetos em:

http://poesiasdeantoniobotelho.blogspot.com/



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=180877