O Mundo

Data 04/06/2014 02:23:19 | Tópico: Poemas

O mundo já não é como antes,
As manhãs eram iluminadas,
Com paisagens deslumbrantes,
Nossas vidas encantadas.

Lembra o sol nascente,
Que nas manhãs nos acordava?
O arco-íris confidente,
Que bons olhares despertava.

O verde da floresta,
O azul pulcro do mar.
Nossa vida era uma festa
Banhada da luz do luar.

Lembra o sol poente,
Que nos enchia de amor?
Dele fomos dependentes
Pois nos unia ao seu favor.

“Nossa união nunca desaba,
É nossa amizade quem diz!”
Mas tudo que é bom um dia acaba,
Essa história não termina feliz.

Hoje eu acordo com o cheiro da fumaça
O meu despertador de todo dia.
Agora eu sei que tudo passa,
E, contudo, se foi minh’alegria.

Hoje o sol nasce tossindo
Com o negro da poluição
O arco-íris não está mais surgindo
Nessa imensa escuridão.


Antes as árvores simbolizavam nosso decreto
Que exigia o puro amor.
Hoje virou a natureza de concreto
Onde o ódio é motivo de pavor.

Tudo já não é como era,
O ar era mais puro.
Nossa amizade mais sincera,
Hoje nada é mais seguro.

Hoje tudo é tão rude,
Parece que a paz não se estuda.
Até o mundo que antes esbanjava saúde,
Hoje grita por ajuda.



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=271782