in pulsos frios

Data 27/05/2015 18:56:31 | Tópico: Poemas

não é repentino
o sintoma degelando
aos poucos a consciência

percepção antiga
esta
de que o espaço em mim
tem dimensão maior
do que imaginado

vaguezas se inquietam
apetecem preenchimentos
intensos de labaredas de
sentimentos

o âmago, exigente
repreende-me
pela insuficiência do amor
que abasteço por
[talvez]
não queira eu
pagar o preço
que se paga quando
com muita munificência se ama?

decepção, medo, egoísmo. avareza...?

o que sabota
o esguichar do meu amor
para não ter a potencia
de um lança chama?









Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=293562