do mar que era leite

Data 26/06/2015 02:20:08 | Tópico: Textos -> Desilusão



banhava-me em mar de leite
e o tempo ronronava
tão bem que não demonstrava
ser o eco do meu canto.
mas como todo canto
guarda sombras
uma deixou o tropeço
levando a chávena
ao chão. ..
o leite se espalhou
e se coalhou sem movimento
pra marear
alguns vieram dar apoio
dizendo que nem todo mar
pode ser de leite
que também poderei navegar
em outras seivas...
outros vieram confortar
declarando que da coalhada
poderia fazer saboroso queijo e
ainda vieram uns dizendo
que já haviam passado por isso
e que conheciam a minha tristeza
e tristes, juntaram a minha
com a deles e foram embora me
deixando mais triste ainda...
d'alguma forma todos
tentaram ajudar
mas ninguém revelou como
trazer de volta o meu mar...








Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=295272