NAQUELE CURTO INSTANTE

Data 10/07/2017 15:38:44 | Tópico: Poemas


Iluminava o sol a noite
Nessa claridade escura,
Por má sorte e desventura
A estrela anã tocava a lua.
Amantizada rosa nua
No corpo em que amortece
Tua tez seda que floresce
Em teu vaso tal candura.

F.Serra



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=325702