A Lua

Data 22/07/2018 15:37:45 | Tópico: Sonetos










A Lua

Há na lua um arco-íris sem as cores
A tez monocromática das eras
O feitiço nos olhos das panteras
Um sutil hipnotismo dos horrores.

Há na lua a contrição dos desertores
À luz minguante cuja noite gera
A certeza da morte que te espera
Há na lua dos mistérios, dos temores...

Outra há, por luzeiro mais afeita,
Recanto das paixões e dos amantes
Dessas noites que a vida a tudo enfeita,

Inumada no céu como se fora
Eterna testemunha dos instantes
E visão inalcansável das masmorras.



Álvaro Silva©




Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=337821