I need...

Data 17/06/2019 02:45:48 | Tópico: Poemas -> Dedicatória

A inspiração está por cá
Só não sei o que vai em seu interior
Fazendo-me acompanhar pelo meu chá
Mas a escuridão que se achega é de todas a maior

Coração cheio
A rebentar pelas costuras
Mas falta-me paleio
Remo-o-me de mentiras

No meio de tantas mentiras que sou
Apenas uma verdade consegui encontrar
Sei que pouco ou nada te dou
Mas és tu quem faz o meu coração disparar

Ás vezes conto ás paredes coisas do meu coração
Mas isso não mata a saudade
Não me tira desta solidão
Não te trás para ao pé de mim na realidade

A qualquer instante, qualquer momento
Em que teu nome se tornou omnipresente
Mais aumenta meu sentimento
Mais minh'alma fica contente

Tomara eu, fronte a ti dizer
O que penso e o que por ti sinto
Mas minha coragem só aparece ao escrever
E de novo entro num labirinto

Já não sei mais o que fazer
Com esta saudade que é coisa pior
Ponho-me então á toa a escrever
Falando em prosas sobre o meu amor


Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=344268