Liberta

Data 17/08/2019 18:46:31 | Tópico: Poemas


Meus olhos veem
outros cenários.

Pés perfumados
atravessam ruas
com sapatos
forrados de cetim
e seda.

Nascem manhãs
no corpo e na alma.

Vim de um mundo distante.
Faz tanto tempo!

Às vezes ando emparedada,
entre luares, nuvens e árvores.

As horas
passam
leves.

Esqueço-me
do amor.
Navego noutro
mar.

Raimundo Lonato


Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=345208