deste-me os sinos ilegíveis do sangue e o que vão eles fazer nas rosas que este poente leva?

Data 05/10/2019 16:24:28 | Tópico: Poemas


.

Senão
há nada que te desça.
Senão
há nada: o sol
é um champanhe. É um champanhe
seco. E
não há forma de o trazer para estes lábios que já de Maio adivinham
a seda, Meu
amor




Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=345987