Os poetas ainda são crianças

Data 06/07/2022 21:54:01 | Tópico: Poemas -> Reflexão

Quando se vê o mundo de outra forma
Como a maioria não o vê
Quando se enxerga além das circunstâncias
O segredo de viver
Encontramos em nós o pensamento
Que ninguém consegue entender.

Quando se vê a beleza no olhar
O encanto no entardecer
Tudo se transforma com o sorriso
De um amante e seu bem querer
Nasce no coração o amor
Que só a alma pode descrever.

Os poetas ainda são crianças
Porque nunca deixaram de amar
Encontram razão de viver
Enxergam muito além do olhar
Sentem o perfume das rosas
No jardim que se põe a admirar.

No coração dos poetas é assim
Muitos emaranhados de sentimentos
Uma inquietação na mente ao ver
Que nunca haverá apenas momentos
Que precisam andar entre os humanos
Despertando em todos seus pensamentos.

Os poetas nunca deixarão de ser crianças
Porque elas serão sempre inocentes
São elas que vivem a felicidade plena
No seu olhar percebe-se que estão contentes
Então da sua alma pode sair
Os mais belos poemas envolventes.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense
www.odairpoetacacerense.blogspot.com



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=363481