Lar doce Lar

Data 11/06/2007 11:09:06 | Tópico: Poemas -> Reflexão

Tira-se a vontade de liberdade
E morre-se na terceira idade,
Num lar ao abandono da familia
Sem sono e sem saber o que fazer
Ao incómodo comodismo de não morrer,
Ali fica sem ser o que resta de nós,
Os nossos pais,
Os nossos avós,
Em esquecimento alavancado por insignificância,
De quem nos educou na infância,
Retribuímos com distância...



Este texto vem de Luso-Poemas
https://www.luso-poemas.net

Pode visualizá-lo seguindo este link:
https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=9241