https://www.poetris.com/
   Todas as mensagens (silva.d.c)


(1) 2 »


Re: Da verdade
Da casa!
Membro desde:
26/10/2010 17:44
Mensagens: 411
a partir de um determinado momento, considero que estas discussões não levam a lado nenhum, não passam de esgrima de egos, por mais que os intervenientes estejam a ser sinceros e coerentes com as suas convicções, estão porém, amarrados a elas, como velas amarradas aos mastros de um veleiro...não querem saber do barco ou do rumo, apenas do vento que as faz inflar...e claro, o mesmo vento não pode soprar e inflar duas velas diferentes...para mim, é-me indiferente que tipo de perfil me aparece à interacção...porque eu não estou em busca do erro do outro, interessa-me o ganho, o proveito que pode dai resultar, e se tal não se verificar, não há ganho, mas também não considero que tenha havido perda...em todo caso, o outro é a parte menos importante da minha realidade, não quero com isto dizer que desconsidere outras pessoas, pelo contrário, mas em qualquer situação, independente que quem ou quantos intervenientes tenha, o principal, o mais importante de todos, sou eu...desde que me respeite em primeiro lugar, irei respeitar todos os outros, sem qualquer outra necessidade adjacente...esta é a única verdade que procuro, a que, interiormente me torna melhor pessoa, primeiro para comigo mesmo, depois para com os outros e com o mundo...abraços

Criado em: 19/7/2017 23:11
_________________
Viver é sair para a rua de manhã, aprender a amar e à noite voltar para casa.
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Quem é o Administrador do site?
Da casa!
Membro desde:
26/10/2010 17:44
Mensagens: 411
não me leve a mal Caio, mas eu não consigo entender a razão que o leva a não fazer as coisas da maneira certa, quando isso não lhe traria inconveniente algum, e mesmo trazendo, você ao aceitar a posição, o que eu enquanto utilizador, agradeço, no sentido de ter a quem recorrer se necessário, é porque à partida tem consciência dos inconvenientes que essa posição acarreta...repare, se você quisesse entrar num café para tomar o pequeno almoço, e se deparasse comigo na porta, dizendo, sou o porteiro do café e que você, no caso de querer entrar no estabelecimento, teria de me dar x reais, qual seria a sua reacção? certamente iria pedir a minha identificação...e se eu continuasse, dizendo que não tinha de lhe mostrar identificação alguma, porque eu, além de porteiro também sou cliente do café, e enquanto cliente não me sinto bem estar identificado enquanto usufruo do espaço e que você devia acreditar em mim e fazer o que eu lhe indiquei...bem...Caio, você tem a possibilidade de agir como bem entender...pergunto apenas se a necessidade que você não vê em criar um perfil de adm, não a vê enquanto colaborador ou enquanto administrador do luso?...porque eu enquanto utilizador vejo a necessidade disso mesmo...não para seu prejuízo, mas para beneficio do luso...abraços

Criado em: 16/7/2017 2:29
_________________
Viver é sair para a rua de manhã, aprender a amar e à noite voltar para casa.
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Quem é o Administrador do site?
Da casa!
Membro desde:
26/10/2010 17:44
Mensagens: 411
eu lembro-me de tudo isso que você escreveu, sei também que você é o administrador Caio...mas podia não me lembrar ou podia ser novo aqui no Luso...e não ia adiantar muito o você dizer que é o adm do site, A, B e C podiam vir e dizer o mesmo...a questão é que para você agir como adm tem que estar identificado em conformidade...como sugestão, se preferir crie um perfil com o nome adm e identifique-se nele, e utilize-o quando tratar de situações como adm...de resto utilize este seu perfil para colaborar...uma coisa não exclui a outra...por exemplo, policia tem vida civil, mas para exercer as suas funções tem de andar fardado e identificado, e mesmo estando à civil, para fazer valer a sua autoridade em qualquer situação que o justifique, tem de se identificar primeiro...assim como qualquer segurança, juiz, porteiro, arbitro...etc...abraços

Criado em: 15/7/2017 12:26
_________________
Viver é sair para a rua de manhã, aprender a amar e à noite voltar para casa.
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Olá
Da casa!
Membro desde:
26/10/2010 17:44
Mensagens: 411
oi Umav...não sei se foi algo que escrevi que possa ter influenciado, nem que por uma grama, a tua decisão de apagar a conta (espero que não, e ainda assim não sei se devia escrever isto aqui também, mas cá vai)...lamento que o tenhas feito, ainda assim não retiro nada do que disse...compreendo o que dizes quando afirmas que nunca soubeste conviver com pessoas reais, eu também ainda não sei, e virtualmente, as redes sociais, dispenso, o luso é dos poucos lugares onde tento manter uma interacção virtual com outras pessoas, e por ser virtual, não me interessa se são fakes, clones ou que for, o que tento é manter-me fiel a mim mesmo...daí, e pela dificuldade de conviver mantendo-me fiel aos meus princípios, tendo como experiência a vida real, a minha pouca interacção aqui no luso ao longo de sete anos... o melhor mesmo é ficar calado para não criar mau estar, cada vez mais me convenço...no entanto, desculpa me uma última vez, mas a fuga nunca é opção...nunca nada se resolve daquilo que ficou por resolver quando damos as costas...seja o problema com os outros, seja em nós...tudo de bom e abraços

Criado em: 14/7/2017 23:50
_________________
Viver é sair para a rua de manhã, aprender a amar e à noite voltar para casa.
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Lançamento do meu quinquagésimo oitavo livro
Da casa!
Membro desde:
26/10/2010 17:44
Mensagens: 411
o meu entendimento sobre a realidade é meu, apoiado na minha experiência, eu não posso querer que outra pessoa tenha o mesmo entendimento que eu sobre uma mesma situação... o seu entendimento, é o seu entendimento Sidney, eu posso não estar à altura de compreender o seu entendimento, seja para esta ou para qualquer outra situação, assim como posso não estar á altura de compreender o entendimento do martisns sobre a realidade, e peço desculpa ao martisns por citar o seu nome, logo a diferença que nos separa não me permite emitir julgamentos e tirar conclusões com base em entendimentos pessoais...no mais, os factos concretos nada me dizem que o Caio é administrador do Luso, e é apenas com base nos factos que emiti opinião...abraços Sidney

Criado em: 14/7/2017 22:44
_________________
Viver é sair para a rua de manhã, aprender a amar e à noite voltar para casa.
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Lançamento do meu quinquagésimo oitavo livro
Da casa!
Membro desde:
26/10/2010 17:44
Mensagens: 411
concordo aqui em vários pontos...adiantados por diferentes intervenientes...no entanto, vim apenas para deixar o meu cêntimo...claro que devemos indicar os nossos valores, principalmente quando indentificámos alguma injustiça e ela nos revolte as entranhas...claro que, e apenas pela minha consciência, não devemos continuar e alimentar qualquer discussão quando, à posteriori, outros intervenientes jamais estão dispostos a discutir saudavelmente as diferenças, quando percebemos que estes estão apenas algemados às suas ideias, e sequer cientes em considera-las e entendê-las como algema e prisão...claro que o Sidney não precisa da defesa de ninguém...claro que o Sidney não precisa também de alavanca para o seu pensamento, para o seu crescimentos enquanto ser humano, pois ao chegar onde chegou, ao estar já ligado a uma consciência na qual entende o plano espiritual como parte e veiculo para algo maior e não como aberração social, não precisa de ninguém para o despertar pleno da sua alma...pois ela está já a caminho da verdade (seja ela qual for), e já nada nem ninguém a pode fazer regressar a um ponto anterior, e mais tarde ou mais cedo, ela irá identificar as armadilhas que ainda se vão insurgindo ao longo do percurso...agora, o que me faz confusão nesta e em outras discussões, são as intervenções do Caio, e peço desculpa ao mesmo, mas estas intervenções dão a entender que o "colaborador" Caio tenha alguma espécie de poder intrínseco à nomenclatura que apresenta...se de alguma forma dúbia, o colaborador Caio é mais do que isso mesmo, que se identifique como tal à vista de todos pela verdade do site...o que sabemos é que o dono do espaço há muito que o deixou ao abandono, é que a administradora em funções, há pouco se demitiu do cargo e... não sabemos mais nada...será que chega? ou que já chega? ou que, caridosamente, haverá quem nos dê uma luz quanto ao funcionamento deste espaço, dos seus adminstradores em funcões e das suas competências? imaginem, a quem de novo chega aqui, a rebaldaria que isto parece...abraços

Criado em: 14/7/2017 21:32
_________________
Viver é sair para a rua de manhã, aprender a amar e à noite voltar para casa.
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Novo tema no Luso-Poemas
Da casa!
Membro desde:
26/10/2010 17:44
Mensagens: 411
ficou sim mais actual, no entanto, por uma questão de gosto e manuseio, prefiro a configuração antiga, já que é mais abrangente, tem mais informação à vista, na nova configuração torna-se necessário ir puxando a página para baixo para visualizar a informação, isto acontece-me principalmente no telemóvel...gostaria de sugerir ao Trabis, se isso for possível, que ao definir a configuração antiga, ela se mantenha nas vezes seguintes que aceder ao site, já que a cada novo acesso, volta sempre à nova configuração...

em relação aos botões gosto e não gosto, ou se mantêm os dois ou se retiram os dois...por uma questão de coerência...abraços

Criado em: 28/4/2015 16:56
_________________
Viver é sair para a rua de manhã, aprender a amar e à noite voltar para casa.
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Como Tu queres o Site Luso Poemas?
Da casa!
Membro desde:
26/10/2010 17:44
Mensagens: 411
Boas luso poetas,

Pois bem, sempre que o fórum anda mais calmo, lá é criado um tópico para inflamar o ambiente…mais um “folclore” lançado pela administração…no mínimo curioso! Ou não.

Mas respondendo à pergunta em causa, o site que eu quero não tem esta administração. Melhor, nem esta nem outra. O site ideal apelaria à liberdade e à criatividade dos seus utilizadores, seria um lugar que promoveria a escrita, aberto a todos. Teria moderadores capazes de manter o site funcional e atractivo, acima de tudo limpo, pautariam as suas intervenções por um low profile que se impõe nestes palcos, teriam atitudes positivas e conciliadoras, julgamentos racionais, baseados no bom senso, quando for caso disso, ou nas regras estabelecidas, mas sempre com imparcialidade.

Importante será frisar que, o que move e leva o escritor a publicar os seus textos é o seu ego, ego este que deve ser trabalhado, moldado, ferido, para que haja continuidade no processo de evolução do escritor. Quem não estiver disposto a ouvir ou receber críticas, desde que construtivas, não deve postar os seus poemas, textos, pensamentos, ou lá o que for, pois não quer que estes sejam lidos e apreciados pelos outros utilizadores que partilham o mesmo espaço, mas quer sim que os seus escritos sejam elevados a obras de arte e bajulados por uns quantos que procuram o mesmo.

Como utilizador, parcialidade, dualidade de critérios, condutas fraccionais e geradoras de conflitos, são atitudes frequentes, que se observam ao longo do tempo, por parte da actual administração, aliás, não considero estes problemas exclusivos desta administração, mas de qualquer outra administração, aqui ou em qualquer outro lugar, como um modo generalizado de operar. Dividir para administrar. São necessários conflitos para que sejam justificados administradores.

Já se sabe que o pessoal gosta de um folclore animado, de uma proveitosa lavagem de roupa suja, é quase certo que há mais leituras nessas alturas aqui no fórum do que na secção de textos, mas em que é que isto contribui para o crescimento do luso poemas?

Esta opinião é pessoal e baseada, não em pessoas mas em trabalho visível realizado, sendo-me indiferente o nome ou nomes dos acuais, passados e futuros administradores, bem como as suas nacionalidades, raças ou crenças.

Fui…

Criado em: 22/5/2012 1:03
_________________
Viver é sair para a rua de manhã, aprender a amar e à noite voltar para casa.
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Faz um poema
Da casa!
Membro desde:
26/10/2010 17:44
Mensagens: 411
É nas pessoas que se conhece o mundo…
Às costas, uma obra em ruínas
Pedregulhos e estilhaços de vidro
Que deixo na berma da estrada

Se a subida fica íngreme
Bebo licores, cambaleio, mas sigo em frente
Dêem-me o ópio da china
Para sair fora de mim

Conto pequenos dilemas a grito
Deixo os mortos para trás
Mais a dor ao abandono
Para aliviar o peso, porque ainda falta caminho

É esta raiva
Que me leva para ao fim

As juntas já vertem diesel nas plantas
Porque a máquina tem folgas
Paro na oficina do tempo, uma e outra vez
E espero por Newton

A vida é um alpendre invisível
De tábuas que rangem aos passos
De espanta espíritos magnéticos
De cadeiras empoeiradas
Com vista para um pomar de macieiras
E descontos fim de estação

É nas pessoas que sinto gravidade.


Criado em: 24/4/2012 20:07
_________________
Viver é sair para a rua de manhã, aprender a amar e à noite voltar para casa.
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Função "Apagar Comentários" - Sim ou Não?
Da casa!
Membro desde:
26/10/2010 17:44
Mensagens: 411
voto não

Criado em: 16/4/2012 0:04
_________________
Viver é sair para a rua de manhã, aprender a amar e à noite voltar para casa.
Transferir o post para outras aplicações Transferir



 Topo
(1) 2 »




Links patrocinados