https://www.poetris.com/
(1) 2 3 4 ... 96 »

08/07/2021 Socorro!
IzauraN.Soares

Da casa!

Preciso mudar o meu e-mail de izadiasnsoares@hotmail.com
Para, izadiasnsoares@gmail.com
e não consigo. Tento, tento, mas fica cada vez mais difícil. Será que alguém pode me ajudar?
O que eu devo fazer? E como fazer?

 


04/07/2021 Educação na pandemia
Issor_honey

Luso de Ouro II

Boa tarde!

Muito contrário à ideia do senso comum, o desenvolvimento de bebês pode ser acelerado e prazeroso. Confira meu canal e se gostar inscreva-se! Obrigada.

Att. Márcia Rossi

 


04/04/2021 Administração...
karinna*


...por favor, não permita que esse "senhor" infeste esse site tão amado, com seus comentários chulos, vulgares e podres. Isso que Alberto Moreira faz, denigre o bom nome do Luso. Por favor, ele não se contenta em uma vez ofender, ele persegue. FAZ ALGUMA COISA ADMINISTRADOR!🙏🏻
***************************************
Ode ao Maior POETA desse Site*
Pergunto-me incessantemente, o quê leva uma pessoa a comentar, com ÓBVIO desdém, escárnio, desrespeito, a maioria das postagens aqui no Luso? Pergunto-me o que leva esse "ser" demonstrar, com seus comentários, um prazer doentio, uma fascinação insana de denegrir a postagem do parceiro(a) de site?
Pergunto-me obsessivamente, o que essa atitude de constranger o outro, de forma deliberada, faz por esse PROTÓTIPO MAL FEITO de SER HUMANO... É FETICHE?
Talvez uma RECOMPENSA ÍNTIMA, um GOZO DISTORCIDO, poder pisar, usar palavreado chulo, manchar a página de alguém, que posta com zelo, com alegria, seus versos, às vezes, sonhados e aprimorados pela vontade de partilhar simplesmente POESIA.
É DOENÇA. Sim é uma patologia, ESSE PRAZER PÚTRIDO de ESPICAÇAR o OUTRO.
Esse PROJETO MAL ACABADO de HOMEM, por vezes não sei bem se é homem ou rato, sem ofender os ratos claro... é um "SER" DOENTE, INFELIZ, PATÉTICO, DESUMANO, RIDÍCULO, que sim, tem notório e justo talento na escrita, suas poesias são obras primas ( o quê creio não ter valor algum, escrever tão bem, qdo é INCAPAZ de ser respeitoso, educado, controlado, ponderado, agradável), porém não faz questão nenhuma de estabelecer laços de amizade e admiração mútuas.
Sim, é UM DOENTE, q só consegue me fazer ter compaixão, piedade, profundo pesar por sua solidão íntima, seus recalques emocionais, sua vida fracassada e frustrada. Não eu não conheço da vida dele, porém os "sinais" que ele dá, ATRAVÉS das suas ATITUDES SUJAS, INJUSTAS e DESUMANAS, me mostram o verdadeiro INTERIOR POBRE e PODRE desse "SER", que ASSOMBRA e EMPORCALHA esse site.
MUITA PIEDADE por esse ser aturdido interiormente. PIEDADE por não ter coração de carne, mas sim de pedra. Eu só digo-te:
Eu te entendo e respeito tua anomalia, eu te entendo e sofro de compaixão por ser um homem sozinho, que desconta em nós, parceiros de site, TODA SUA FEIÚRA DE ALMA.
Oro para que Deus tenha compaixão de ti, HOMEM SEM sentimentos, SEM alegria...que TRANSPARECE TUDO ISSO QUE ACIMA CITEI ...QUE RESUMO assim:
PENA, PIEDADE, DÓ, COMPAIXÃO, são as únicas coisas q nos faz sentir, pois tu ratazana', ÉS UM DOENTE.
De que adianta toda essa genialidade ao versar, se ÉS um SER REPUGNANTE??
Muita compaixão sinto por esse senhor...infeliz, patético e doente senhor. Vá se tratar. Talvez há esperança para q consigas viver entre pessoas civilizadas.
Eu tenho vários traumas, problemas emocionais, sou falha, tenho mil defeitos. Eu me trato. Faço terapia, e não tenho vergonha disso. Sou tão frágil e sensível, porém sou forte o bastante para reconhecer que preciso de ajuda profissional psicológica. Até essa declaração, é uma vitória íntima. Pois consegui expressar toda minha REPUGNÂNCIA pelo senhor.
Att
Simone Karinna*

* Esse texto é para um idiota, que se acha O POETA, e que não citarei o nome, pois com certeza saberão de que ABERRAÇÃO da NATUREZA estou falando, esse PEÇONHENTO que não faz NADA de bom por esse site, pela simples razão de que NÃO TEM NADA DE BOM PARA OFERECER.
Triste ver que aqui não há uma administração para nos auxiliar, pois tenho certeza que há muitos aqui, que de alguma forma já foram pisados por esse senhor. E não temos a quem recorrer. Muito triste isso. E sublinho:
O QUE ESSE SENHOR EMPORCALHA POR AQUI NÃO SÃO CRÍTICAS, SÃO DEBOCHES E OFENSAS SIM!

 


01/03/2021 XVII CONCURSO LITERÁRIO POESIAS SEM FRONTEIRAS
marcelooso

Colaborador

XVII CONCURSO LITERÁRIO POESIAS SEM FRONTEIRAS
(inscrições de 01 de março 2021 até quando a cota do livro for preenchida)
Realização dos sites: www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net; http://marceloescritor2.blogspot.com/; faceboook.com/psfronteiras; instagram: @marceloescritor
Apoio: Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências /RJ; Academia de Letras de Teófilo Otoni /MG; Sociedade Ibero-americana de Escritores – Espanha: Academia de Letras de Cabo Frio; Academia de Letras do Brasil/MS; Academia de Letras e Artes de Feira de Santana/BA; Academia Caxambuense de Letras/MG
Com o objetivo de estimular poetas de todo o Brasil e de outros países, o concurso premia os melhores trabalhos, comprovando o sucesso com sua 17a edição. Em parceria com o Celeiro dos Escritores, para a publicação da Antologia "POESIAS SEM FRONTEIRAS", onde TODAS as poesias classificadas do evento estarão publicadas.
Todos os escritores classificados receberão um exemplar da obra, na residência, sem nenhum ônus além da taxa de inscrição (via correios, registrado).
Os poetas tem que ter idade a partir dos 16 anos e devem enviar uma poesia (máximo 35 linhas ou 1200 caracteres com espaço), tema LIVRE, através da Ficha de Inscrição do site - http://celeirodeescritores.org/inscricao.asp opção Concurso Poesias sem Fronteiras
Taxa de inscrição: R$ 55,00 - que corresponde a 01 exemplar da Antologia. (A ser paga através de depósito bancário, que será enviado ao participante pelo Celeiro, para a caixa de e-mail inscrita.)
É permitido participar com mais poesias, observando: Uma poesia para cada inscrição. Exemplificando: 02 poesias = 02 exemplares = R$ 110,00
Escritores residentes, fora do país : 35 dólares/ euros por inscrição/um exemplar.
A Antologia "POESIAS SEM FRONTEIRAS" será publicada no mês: Junho/2021
Obs: Inscrições de outros países serão aceitas desde que estejam na língua oficial do concurso que é Língua Portuguesa.
Os autores residentes fora do Brasil, devem enviar o valor da taxa de inscrição, via Western Union ou outro meio que achar conveniente, se tiverem dificuldade entrar em contato com: Marcelo de Oliveira Souza - através do e-mail marceloosouzasom@hotmail.com . ou do whatsapp +55 71 992510196
RESULTADO no site oficial do concurso: www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net; http://marceloescritor2.blogspot.com/; faceboook.com/psfronteiras e também nos seus respectivos e-mail.

Premiação:
1°lugar: Troféu personalizado com o nome do autor e colocação + Livro Artesanal Mundo Poético + certificado + poesia publicada em destaque na Antologia e no site oficial do concurso + Imã Literário + chaveiro Lembrança de Salvador
2° lugar: Certificado + poesia publicada em destaque na Antologia e no site oficial do concurso + livro VIII Concurso Literário PAGUE MENOS + chaveiro lembrança de Salvador + imã Literário
3° lugar: Certificado + poesia publicada em destaque na Antologia e no site oficial do concurso. + Livro de Poesias Selectas + Imã Literário
* Menção Honrosa Internacional: Daremos uma Menção Honrosa Internacional para o melhor autor estrangeiro que não estiver entre os três primeiros lugares, cuja premiação será: Poesia publicada em destaque na Antologia + certificado + Livro Artesanal Mundo Poético + Chaveiro lembrança de Salvador + imã Literário Dai-vos Luz + Caso não tenha autor estrangeiro, extingue-se a menção.
Obs: Se tiver mais de 15 inscrições de estrangeiros daremos uma medalha de Personalidade de Destaque cultural .Obs: O Livro Artesanal Mundo Poético é do organizador do Concurso Marcelo de Oliveira Souza,iwa ; O Livro Selectas é da autora Neuza de Brito Carneiro .
Obs 2: Personalidade de Destaque Cultural: Quem mais participar dos nossos dois eventos anuais , Poesias sem Fronteiras e Prêmio Literário Escritor Marcelo de Oliveira Souza terá mais chance de ganhar essa comenda no final do ano, junto com certificado.
Obs 03: Caso tenha mais de 15 inscrições de estrangeiros daremos junto à menção honrosa a medalha de Personalidade de Destaque Cultural ao melhor estrangeiro do evento.


Marcelo de Oliveira Souza, IWA
2x Dr. Honoris Causa em Literatura
Organizador do Concurso Literário Poesias sem Fronteiras
Contatos: : marceloosouzasom@hotmail.com e celular com WhatsApp +55 71-992510196
Instagram: @marceloescritor
Inscrições somente através do site: http://celeirodeescritores.org/inscricao.asp
Opção: Concurso Poesias sem Fronteiras
Inscreva-se agora!
http://celeirodeescritores.org/inscricao.asp
opção: Concurso Poesias sem Fronteiras.

 


18/02/2021 Problema ao tentar enviar mensagens privadas
Jmattos

Colaborador

Boa noite, Trabis! Por favor, pode me ajudar? Quando tento enviar mensagens privadas aparece a mensagem "erro: acesso negado". Só consigo enviar mensagem quando mando diretamente da página do contato desejado, pois sempre que tento da minha caixa de entrada não consigo! O serviço de correio está em manutenção?
Abraço!
Janna

 


12/01/2021 (Não Há Moral)
(Namastibet)









(Não Há Moral)




ou
Esquema gráfico para nãosobreviver à morte …



Por mim, e de minha parte, dispenso-me de comparecer perante a morte tão cedo e em tão solitário lugar de culto, de parecer bem no dia a dia, no concavo do espelho enquanto vivoe me vejo e do acontecer matemático, geriátrico-sistémico, cronológico-depuradocomplexo, pareço-me e comungo do comum entardecer dos Generais da Roma antiga,dos Reis do Egipto, mas sou apenas um comum acontecimento já acontecido,falo do que ocorreu anteriormente e se sobreviver incompleto esegmento, parcialmente, já não necessitarei de levitar e inventar a vozdemasiado, de voar levantado ou levantar a fala até mais não poder mais, nãoprecisarei de precisar mesmo, nem mais de mim, sorrio sorridente - sorrirei aode leve, senhor do isolamento e da distância, da duração esclarecida do meutempo presente, inebriar-me-ei de poesia, essa poesia inerente, pressentida,valente, densa e à flor da pele, que só dói se estivermos dentro dela e perto,bem perto e em pelo, o quanto baste para ser uno com a minha dolorosa e sentidaforma de suicídio terrestre, tal a inverdade que me rege e pratico.
A tentadora validade gestacional do poeta, só é válida, só e apenas se constróide uma vez em todas e somente aos poucos e a poucos se congrega e se consagra,do desassossego na fala, a tantas outras razões nos cabelos no "pãode rala", por tantas outras ocasiões razoáveis, quando nos mostramos nósmesmos falhos, folhas de lógica sem validade, fora de prazo em mil e um ou maissocalcos soalheiros e vitalícios, vinhateiros da ira em época de colheita, nãodepois, durante as chuvas e os aluviões, perante as secas, nem antes de meapresentar em lugar algum, cestos cientes, cheios de dúvidas, nessa altura soueu mesmo e um mais, mágicos agnósticos e brilhantes como a geada, ideólogos dacevada, puro malte quanto a agua irradia de bom grado, o brilho de um regatocristalino, a montanha por descobrir, encoberta de um lado, assombrada pornegro lago, profundo, onde não medra nem fogo, nem um fungo nem pasto, nem umaperca do nilo, um rodovalho, um robalo. Por mim, sou o analgésicomirabolante, a miragem de qualquer substância a mais e de mim mesmo antropólogoa crédito, amais valia não passa de algo análogo a isso, depois impregno-me deuma mistura mística e pessoal de ilusão estética-profana profunda, falsamenteendémica e monogâmica. Pois sim, o destino não dura para sempre, a submissão aotempo que sobra, é uma inglória lápide negra e não unicamente ou exclusivamenteuma prisão sepultada, abducente da lama, da areia, na praia do desconhecimentodescontente, gradual e gráfico. Por mim, sinto, que a diáspora doarredondamento dos sentidos, a metáfora do nascimento, foi produzida unicamentepara mim, a pensar em mim próprio e feita do mesmo e grave tecido de que eu fuie sou composto, produzido num tear sem linha nem fio apropriado, porque eu nascicalibrado, arredondado, arremedando os outros e morri quando encetei, no momentoimediato, fatídico, fálico na altura certa em que comecei a copiar-me, iniciei-atranscrição, a imitação gráfica de mim próprio, o liberto e a permissão são deminha única autoria, embora não sejam plenamente, e o conflito frásico, hemorrágico,a antropofagia fraseológica das minhas próprias partes moles, mais discretas enobres, hemorroidas de escritor condenado por delito comum, à morte por sossegoe por sufrágio universal dentro dele mesmo, o análogo, não dos outros como parceriaser normal e servir de exemplo para “o fora de mim” um diferente lugar do queoque ocupo dentro de mim próprio e presentemente, fora da atenção do corpo, maisperfeito e prodigo que o “eu” ao cubo, num emergente esmiúdo de mim. Por fim oromance, a novela intensa, essa não teria argumento, caroço ou enredo nem ação,passar-se-ia apenas na minha cabeça de maçã, na mente de broca, ou na de quem aescrevesse melhor que eu e a intriga seria entre o espírito e a consciência, a intuiçãoconsistente e o Arsénio, O “LUPIN”, o enigma que liga os personagens comofiguras reais com o escritor fictício , o criador figurante, galã de conto defadas, das fábulas, ele próprio um personagem secundário, operando débeis tíbias,entranhas e cabelos disfarçado de outrem, intuitivo na tarefa de fazer cumprir escrupulosamenteo guião e o maior sabedor do conteúdo geral da peça e do palco, o sábio dolabirinto gráfico e ancestral e o que sonhou ou o que conhece a saídapara o outro lado do cosmos, da Galáxia, do mundo cabal e global. A primeiraedição da minha vida será por fim escrita, descolorida e desenvolvida com a ideia de não ser entendida nem por um qualquerpsicótico ser de vista turva, com a ilegibilidade rara do que me é mais caro,sem cura, remédio fracassado de óxido de mercúrio e reagente mais calado que o silêncioem minhas veias colados sob pele fina, mas de que vale uma biografia, uma vida semhistoria de medo em que tudo pode ser dito e ser tido como superficial porquenormal é humano, é o senso comum e não de mim só, o labirinto que me habita, osonho é geral e genérico como a febre do sol e o paracetamol ou o fim do ano emcidades diferentes do mundo mas comum e expressivo para quase todos afinal. Pormim, e de minha parte, dispenso-me de parecer bem, carismático ou altruísta, (...)












 


11/01/2021 MINHA POSSE NA ACADEMIA.
UMA MULHER UM POEMA

Colaborador

Open in new window

COMPARTILHO COM OS AMIGOS DO LUSO, A MINHA POSSE NA ACADEMIA DE LITERATURA BRASIL GUARAPARI / ESPIRITO SANTO.

 


29/09/2020 Flores.
___viniciusgeyer__


As flores morrem e renascem como as almas....
Mas não sofrem, nem choram, nem se entristecem.

Apenas falecem....
E depois dos pássaros apaixonados por elas beija-las, os beija-flores,
renascem na
renovada aurora.

Inteiramente belas ressurgidas
pelo beijo de outrora...
Alumiadas pelo Sol da primavera...

 


31/08/2020 1. No teu olhar
Valdezz1

Participativo

MAIS DO QUE PÃO E QUEIJO
QUERIA UM ÚNICO BEIJO
NÃO UM BEIJO NA BOCA
QUE RETRATASSE UMA PAIXÃO LOUCA
MAS UM BEIJO NA TESTA
E QUE O DESSES FAZENDO FESTA
E COM O OLHAR ME PEDISSES PRA FICAR.
by valdezz.

 


02/08/2020 VIII Prêmio Literário Escritor Marcelo de Oliveira Souza,IwA
marcelooso

Colaborador

VIII Prêmio Literário Escritor Marcelo de Oliveira Souza
(inscrições de 01 de agosto até quando fechar a quota de classificados da Antologia)
Realização dos sites: www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net; http://marceloescritor2.blogspot.com/; faceboook.com/psfronteiras; instagram: @marceloescritor
Apoio: Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências /RJ; Academia de Letras de Teófilo Otoni /MG; Academia de Letras do Brasil Sul e Baixo Sul da BA; Academia de Letras do Brasil/ Mato Grosso do Sul; Escbrás e FEBACLA.
Com o objetivo de estimular escritores de todo o Brasil e de outros países, o concurso premia os melhores trabalhos, comprovando o sucesso com sua 8a edição.
Em parceria com o Celeiro dos Escritores, TODOS os trabalhos classificados para o evento estarão publicados na Antologia; e todos os autores receberão um exemplar da obra, na residência, sem nenhum ônus além da taxa de inscrição ( Livro via Correios, registrado).
Nesse Prêmio aceitaremos todas as expressões artísticas literárias: Contos, poesias, crônicas, haicais, etc. Desde que: O poema tenha até 35 versos e a crônica, conto ou outra expressão não passe de 1500 caracteres com espaços (por página).
Taxa de inscrição: R$ 55,00 que corresponde a 01 exemplar da Antologia. (A ser paga através de depósito bancário fornecido pela editora.)
Atenção:

a) Menores de idade: Só a partir dos 16 anos completos.
b) É permitido participar com mais textos, observando: Um texto para cada inscrição.
Exemplo:
01 inscrição - R$ 55,00 = 01 exemplar da Antologia.
02 inscrições - R$ 110,00 = 02 exemplares da Antologia e assim sucessivamente.
Dúvidas: entrar em contato com: Marcelo Souza – cel/whatsapp : 71-92510196 e-mail: marceloosouzasom@hotmail.com.
O RESULTADO dos vencedores será em novembro deste ano, divulgado no site oficial do concurso: www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net; http://marceloescritor2.blogspot.com/; faceboook.com/psfronteiras e por e-mail.

Premiação:
1°lugar: Troféu Personalizado em forma de azulejo + 1 “nécessaire” com desenho da igreja do Bonfim + Certificado + poesia publicada em destaque na Antologia e no site oficial do concurso + Livro Mundo Poético + Imã Literário: Dai-vos Luz
2° lugar: Certificado + Antologia UFO + poesia publicada em destaque na Antologia e no site oficial do concurso + imã Literário: Dai-vos Luz
3° lugar: Certificado + Livro Alma de Poeta+ poesia publicada em destaque na Antologia e no site oficial do concurso + Imã literário: Dai-vos Luz
* Menção Honrosa Internacional: Em virtude da pandemia não teremos a menção honrosa internacional, com a participação de estrangeiros.
Obs: O Livro Antologia UFO foi organizado pela LIterarte , são textos em vários gêneros sobre essa temática ; O Livro Mundo Poético é artesanal, do autor Marcelo de Oliveira Souza,IwA; O Livro Alma de Poeta é de Norma Castro de Almeida
Autores estrangeiros que participarem do evento, com endereço nacional, pagará a taxa de inscrição nacional, concorrendo pois entre os brasileiros.

Marcelo de Oliveira Souza, IWA
Dr. Honoris Causa em Literatura Multi
Organizador e patrono do evento
Instagram: marceloescritor
Inscrições somente através do site:
http://celeirodeescritores.org/inscricao.asp
Opção: Prêmio Marcelo
Inscreva-se agora!

 


(1) 2 3 4 ... 96 »

Links patrocinados