https://www.poetris.com/
(1) 2 3 4 ... 17 »

23/02/2024 NOVOS POEMAS DE FELIPE MENDONÇA
ZeSilveiraDoBrasil

Administrador

https://www.facebook.com/share/gnfdEwU2Dkwsp6uH/?mibextid=xfxF2i

 


25/01/2024 Qual dos textos foi escrito com mais emoção?
hedre-poeter

Novo Membro

Deixo este desafio aos poetas do Luso: escrever dois textos e deixar os leitores adivinharem qual deles foi escrito com mais emoção. Posteriormente, o autor poderá revelar sua escolha, explicando cada detalhe. Quem sabe se a explicação não será melhor que os textos! O que acham deste desafio?

Não devia, mas vou começar com o primeiro ensaio. Espero que não seja muito mau. Espero que a ideia pegue e que haja uma interação saudável.


Qual dos textos foi escrito com mais emoção?



Texto nº 1

Título - Salpico na rota dos círios

Ia no corredor da praia
Sem a carapaça

Queria chegar mais cedo do que os pássaros a casa
Quando olhei para o teto aberto do céu
E vi a lua acesa no dia aberto

Vieram logo
Os grãos da areia à cara
Colados ao choro do vento
E abrandei
O passo

Como é possível
A desordem imperfeita
Das coisas belas
Ajustar a perfeição
Aos olhos



Texto nº 2

Título - Raízes de ferro

Há muito que o silêncio preencheu
Todos os horários
Das partida das e da chegadas
Na estação de Baleizão

O ferro da linha
Foi engolido pelas ervas daninhas
Mas não para o tio João
Ele acorda todas as manhãs
Ao som do primeiro comboio

Tentei explicar-lhe a realidade atual
Mas ao ver fio de emoção
Caído por de trás das suas cataratas
Quando falava …
Soube que era
As mais puras das verdades

O comboio da saudade
Nunca desaparece
Para todos que abrem
A cancela do coração
À sua passagem

 


27/11/2023 Voltei.
RaimundoSturaro

Da casa!

Tamanha satisfação me leva a declamar e gritar aos quatro ventos meu retorno a este espaço que tanto amo.Em breve divulgação de 2 publicações com alguns poemas de minha autoria.

 


26/11/2023 Boas Festas!
Jmattos


Amigos, Feliz Natal e um ano de paz, realizações, alegrias e com muita poesia! Até 2024!


 


09/11/2023 Poeta no divã
Brendda Neves


Meu novo livro, Poeta no divã fala sobre depressão, ansiedade, insônia, tédio, bipolaridade e outras angústias da alma.

Compre o seu no site da editora Folheando: garanto que você vai se identificar nos poemas.

https://www.editorafolheando.com.br/pd ... -no-diva.html?ct=&p=1&s=1

(nota da administração: obrigado por utilizar o mural, teremos todo o gosto em adicionar também a sua publicação onde ela merece estar, na nossa livraria e no espaço correspondente aos editores e livreiros , muito obrigado)

 


12/07/2017 línguas malfaladas
Umav







com a língua qual caneta
desenhava garatujas
todas sujas, porcas letras
em careta à língua lusa






 


27/06/2017 ...
Rogério Beça


Armoço é quéra bom.
Armicídio é bom. Nois nã cre armas. armas é do demo.

Sobre o ateismo
Essa corja.

Aos quinze era um aluno numa escola católica.
Vários padres lecciovavam. Quis que nessa idade surgisse em força o pensamento abstrato, com força imensa. Não bastava aprender, chegou questionar e investigar.
Questionei um senhor padre na disciplina de religião e moral. Disse num teste que nunca lera a bíblia. Fui advertido e tive negativa.
Começou aí.
Li sobre o islamismo.
Estudei sobre as religiões politeitas (egipto, grécia, e roma antiga) da antiguidade.
Li um livro sobre lamaismo.
Reparei como na India ainda fazem o culto ao politeísmo, agora.
Reparei como as religiões monoteístas, começando na católica apostólica romana, fazem o culto à santissima trindade e a vários santos, sendo mais politeísta que os Hindus.

Sobretudo, cheguei à conclusão que o Homem primitivo, assim que se permite ao pensamento, chora e sofre a morte dos seu ente querido duma forma diferente.
Sente o terror da vida. O terror da morte e olha para o sol e pela primeira vez acha, cria, inventa, deus.
Medo=deus

Os milagres.
O ser humano é ignoto. Desde sempre que aquilo que não sabe explicar atribuiu a deus. Se for apenas um ainda melhor.

A ciência surgiu como fonte de conhecimento.
Ao saber explicar o que a ignorãncia escondia, trouxe para o domínio do Homem as forças da natureza, os acontecimentos milagosos.
Os que a ciência não explica é por pura incapacidade do Homem.

O resto, respeito.
Aswsim como espero que respeitem a minha opção de ser ateu!

 


22/08/2015 GR 10
namastibet


http://olhares.sapo.pt/namastibet/
https://namastibetphoto.blogspot.com/

aqui estão as fotos mais recentes do meu ultimo encontro com natureza e as florestas nos caminhos do GR10 (digamos e ligação a pé entre o Mediterrâneo de Gaudi e Picasso e o Atlântico da Euskal Herria orgulhosa e ao encontro quiçá de Guggenheim daqui a 800 km e 44.000 metros de desnível acumulado (quase 5 Everestes) ...

 


11/04/2015 é isso
eusouvc


“A mãe reparou que o menino
gostava mais do vazio
do que do cheio.
Falava que os vazios são maiores
e até infinitos.”


Manoel de Barros

 


07/01/2015 talvez
Umav


talvez nada mude sua situação
mas sem dúvida ela mudará você

 


(1) 2 3 4 ... 17 »

Links patrocinados