https://www.poetris.com/
(1) 2 3 4 ... 90 »

19/09/2017 V Prêmio Literário Escritor Marcelo de Oliveira Souza,iwa
marcelooso

Da casa!

V Prêmio Literário Escritor Marcelo de Oliveira Souza,IWA
(inscrições de 11 de setembro 2017 até a cota do livro estiver preenchida - 80 autores)




Realização dos sites: www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net; http://marceloescritor2.blogspot.com e faceboook.com/psfronteiras
Apoio: Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências /RJ; Academia de Letras de Teófilo Otoni /MG; Clube dos Escritores Piracicaba SP; Sociedade Ibero Americana de Escritores: Academia de Letras e Artes do Ceará
Com o objetivo de estimular escritores de todo o Brasil e de outros países, o concurso premia os melhores trabalhos, comprovando o sucesso com sua 4a edição.
Em parceria com o Celeiro dos Escritores, TODOS os trabalhos participantes do evento estarão publicados na Antologia; e todos os autores receberão um exemplar da obra, na residência, sem nenhum ônus além da taxa de inscrição ( Livro via Correios, registrado).
Nesse Prêmio aceitaremos todas as expressões artísticas literárias: Contos, poesias, crônicas, haicais, etc. Desde que: O poema tenha até 35 versos e a crônica, conto ou outra expressão não passe de 1500 caracteres.
Taxa de inscrição: R$ 48,00 que corresponde a 01 exemplar da Antologia.
(A ser paga através de boleto bancário, que será enviado ao autor inscrito, pelo Celeiro.)
Atenção:
a) Autores de Fora do País: 35 dólares ou euros.
b) Menores de idade: Só a partir dos 16 anos completos.
c) É permitido participar com mais textos, observando: Um texto para cada inscrição.

Exemplo: 01 inscrição - R$ 48,00 = 01 exemplar da Antologia.
02 inscrições - R$ 96,00 = 02 exemplares da Antologia e assim sucessivamente.

Dúvidas: entrar em contato com: Marcelo Souza – cel/whatsapp : 71-92510196 e-mail : marceloosouzasom@hotmail.com.
O RESULTADO dos vencedores será divulgado no site oficial do concurso: www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net; http://marceloescritor2.blogspot.com;faceboook.com/psfronteiras, por e-mail.

Premiação:
1°lugar: Troféu Personalizado + Camisa Oficial do Olodum Tam G+ Certificado + poesia publicada em destaque na Antologia e no site oficial do concurso
2° lugar: Certificado + Livro Poemas do Brasil + poesia publicada em destaque na Antologia e no site oficial do concurso.
3° lugar: Certificado + Revista da Academia Brasileira de Estudos e Pesquisas Literárias + poesia publicada em destaque na Antologia e no site oficial do concurso.
* Menção Honrosa Internacional: Daremos uma menção ao melhor autor estrangeiro que não esteja entre os três primeiros lugares: Certificado + Livro Poemas do Brasil + Brinde Lembrança de Salvador + poesia em destaque na Antologia e no site oficial do concurso – caso não tenha autor estrangeiro o prêmio se extinguirá automaticamente.

Marcelo de Oliveira Souza,IWA
Organizador e patrono do evento
Obs: O livro Poemas do Brasil é uma Antologia de autores brasileiros formado a partir de um grupo no Watssapp ;

Inscrições somente através do site: http://celeirodeescritores.org/inscricao.asp
Opção : Prêmio Escritor Marcelo

 


09/09/2017 Um Registro de Agradecimento
Morena_Flor

Participativo

Da pequena e recém-experiência de promover um evento no Luso, só tenho tido alegrias e aprendizados.

Cheguei à conclusão de que reunindo num só espaço diversos estilos poéticos são para mim das mais gratas impressões, pois, os poetas gentilmente, participam e deixam um pouco de si, em seus poemas, de forma livre e leve.

Sem prêmios, sem glamour, sem notoriedade, os eventos Sarau Poético realizado no Fórum, e o Desafio Poético Filosófico que ora está chegando ao término, só foi e está sendo possível acontecer pela boa vontade dos poetas em participar. E a eles, a minha gratidão, por levarem a sério a iniciativa de um movimento, mesmo com as dificuldades de evidência, já que os espaços de postagens são dinâmicos, e em poucas horas desaparecem da "vitrine".

Deixo por aqui esse registro, com alegria e agradecimento a todos.
Beijos e abraços!

Semente ( Maria Lucia Centelha Luminosa)

Open in new window


 


16/08/2017 Contato com a alma da terra
sendoluzmaior

Subscritor

A terra é o primeiro anjo colocado na vida humana para suprir suas reais necessidades.
Uma das ferramentas para mudança rápida de vida, a funcionar de forma miraculosa é ver a terra como a uma consciência viva e com ela intencionar contato real. Desta forma a mesma passará a suprir todas as suas reais necessidades. Faça antes de emitir julgamentos e comprove. Ao aplicar pela primeira vez o que já sabia, vivi uma experiência supra física onde me vi como habitante de um mundo no interior da terra durante um período glacial. Pois neste primeiro contato pedi a consciência da terra que mostrasse algo que eu desconhecia. Meses se passaram e esta noite busquei o segundo contato. Estava em um castelo onde havia um rei tirânico e cruel, ao estilo de Nero, me vi gritando com ele: Não passas de um covarde, covarde, covarde. Quando ele gritou por seus guardas eu corri escadarias abaixo e cheguei as profundezas do castelo por onde passava um rio de águas quentes. Mergulhar em suas águas era tido como suicídio, pois o rio era de correnteza forte e sumia para dentro da terra, assim, quando mergulhei nenhum dos guardas atreveu-se a vir atrás de mim. Ao ser levado pela correnteza vi uma porta fechar atrás de mim. Depois de um período inconsciente, vi-me diante um ser que não consegui definir sua forma ou fisionomia, mas o mesmo tinha poder ali. Ao emitir seu parecer sobre a minha presença, um ser alado desceu sobre mim e voando me levou dali. Tive a impressão de ser levado a elevações rochosas no interior da terra, ali dentro era muito similar a superfície da terra, o céu ali era um pouco mais opaco. Ao chegar ao interior de um palácio lá, o ser alado se transformou em uma mulher morena de cabelos pretos, lisos e compridos. De pronto começou a me treinar, o tipo de treinamento não ficou claro sobre o que se tratava, minha mente julgou que o treinamento era para defesa. Ao regressar da experiência eram três horas da manhã, beber muita água é sempre recomendado inclusive a noite, após beber 450 ml de água mineral, voltei a intencionar o contato com a consciência da terra. Após alguns minutos, lá estava eu de frente a mulher sendo por ela treinado. Agora pela manhã resolvi partilhar esta vivência com todos. Como a terra supre as nossas reais necessidades, o mais urgente para a consciência dela, era que eu recebesse este treinamento, seja ele qual for. Paz e luz

 


11/08/2017 Muito bom Lucineide, o seu poema sobre a Palavra!
Semente

Colaborador

Lu...
Gostei imensamente do seu poema. A palavra sempre foi usada para o bem ou para o mal, porque o ser humano parece ter uma personalidade composta de sombra e luz...

A crítica construtiva, tendo com o objetivo de melhoramento ou aperfeiçoamento das capacidades tem uma conotação de seriedade, de análise , de filtrar, de buscar onde se pode melhorar, etc etc etc ....A crítica nesse sentido, é saudável, necessária...

Mas quando a palavra crítica vem eivada de ofensas, conotações pejorativas, ela não possui os fundamentos do que se designa por "crítica", revela-se "desabafo".

Vem sempre de quem se julga superior a todos, onde se nota o despeito, a frustração, o recalque e gosta de se aparecer, e da maneira mais infeliz de que é capaz...Quer arrasar, detonar com tudo o que não concorda ou seja diferente. Na verdade deseja, que o criticado se sinta mesmo uma M-E-R-D-A!!

Mas, as palavras ganham seus significados de acordo com a história de cada um. A tal “crítica construtiva” é possível para uns, mas para outros,não existe.

As palavras de quem as emite, oralmente ou na escrita, pode estar ligado a uma série de conceitos de cada um. Quando nos expressamos, são estes conceitos que estão sendo expressos, com significados ao nosso jeito, da nossa maneira e segundo nossa história de vida. Por isso aquele pensamento que diz "que a boca (ou escrita) fala do que está cheio o coração"!


Pronto. Falei!


 


11/08/2017 Palavra
Lucineide

Colaborador

Bom dia a todos! Agradeço aos participantes do Sarau "O Grito da Poesia". Que possamos fazer bom uso da palavra. Que nunca magoemos ninguém com críticas pejorativas. Saibamos que palavras são poderosas. Elas podem unir , mas dependendo do contexto, podem também afastar pessoas. Aprendamos a criticar sem ferir, a usar a palavra no local onde ela merece ser colocada. Saibamos que , "sim" e "não" podem ser bem colocados, dependendo da forma como são ditos. Deixo meu abraço a todos. Deixo também a minha opinião a respeito do uso da palavra.
Fiquem todos em paz!

Palavra
Um astro carregado de significação,
a poderosa palavra é benigna ou algoz,
dependendo de como está o coração,
ela pode ser flor ou um espinho atroz.

A palavra pode ser monstro terrível,
quando proferida de forma perniciosa.
Pode ser um verdadeiro combustível
se trabalhada de maneira amorosa.

Quando descarregada com explosão
libera ódio,ofensas,morte e selvageria.
É serpente que nasceu na escuridão,
exala carnificina e podridão da disenteria.

Quando semeada com sabedoria,
é simples e verdadeiro medicamento ,
capaz de afagar a alma com alegria,
curando dores, feridas e sofrimento.

A palavra não foi feita para ridicularizar,
destruir, desencorajar , matar, ofender.
Nasceu para corajosamente salvar,
na simplicidade da arte do saber viver.

Há palavras que devem ser bem refletidas,
antes de serem cruelmente despejadas.
Algumas palavras ao serem proferidas
banham-se nas línguas envenenadas.

Há verdades que se fossem engolidas,
o próprio locutor morreria engasgado.
Algumas podem causar sérias feridas,
não matam, mas deixam o ser inutilizado.

A palavra deve ser escrita ou pronunciada
da mesma forma como se pega uma taça.
E se a poderosa palavra for mal interpretada
Não será ela a culpada por alguma desgraça.

É preferível o silêncio do que ferir alguém
em nome da palavra escrita ou pronunciada.
Quem pensa que ela vai e nunca vem
nunca provou da força da palavra criticada.

Lucineide Samapio
11/08/2014
Barbalha/ Ceará

 


07/08/2017 Sarau
Rogério Beça

Colaborador

GRITA

 


12/07/2017 línguas malfaladas
Umav







com a língua qual caneta
desenhava garatujas
todas sujas, porcas letras
em careta à língua lusa






 


12/07/2017 DEMOCRAcia ou DESCRIMINAcão
@poetamilnovo

Da casa!

Open in new window



????? Porque será que não recebemos comentários em outras línguas"idiomas" se o site é internacional, Cada os perfis estrangeiros !!! Não abre para Brazileiros?
Ou existem dois grupos dos engomas e os encardidos dos distintos poetas da união dos países separatista, “ até porque eu conheço varias línguas porque já beijei varias boca, mas aqui no site minhas salivas ficam as derivas nas trocas dos comentários em outros idiomas
I am a Brazilian poet the writer who likes respect for my work
我是一個詩人的巴西作家誰喜歡我的工作
Ich bin ein brasilianischer Dichter Schriftsteller, der über meine Arbeit mag
Je suis un écrivain poète brésilien qui aime mon travail
Είμαι Βραζιλιάνος συγγραφέας ποιητής που θέλει για τη δουλειά μου

Eímai Vraziliános syngraféas poiitís pou thélei gia ti douleiá mou

Watashi wa jibun no shigoto ni tsuite suki Burajiru no shijin raitā gozen

 


12/07/2017 Desabafo
Lucineide

Colaborador

Ler poesia é algo que realmente me proporciona um prazer enorme. A poesia é meu vício, minha terapia. Troco uma novela pela leitura de boas poesias. Estou de férias e dedico um pedacinho do meu tempo à leitura e escrita de poemas. Podemos observar, claramente, a sensibilidade, as emoções e muitas intenções do poeta, em cada verso da poesia. Costumo dizer que escrever poesia não é difícil. O difícil é conseguir expor os sentimentos que se tem . Poesia é justamente expor sentimentos e sensações. O leitor de poesias também externa sentimentos, sensações, que moram na alma. Quando descobri que tinha um olhar poético, tranquei--me um pouco, com medo da crítica. Guardei comigo, por anos, essa necessidade de expor meu lado poético. Então, um dia qualquer, desses que as lágrimas têm necessidade de se expressarem, sentei em frente ao computador e escrevi um texto, no qual estavam presentes muitas de minhas lágrimas. Encontrei um site de poesia e publiquei meu texto. Cinco minutos depois, percebi que alguém leu meu texto. Agora ele não era só meu. Eu o tinha compartilhado com pessoas que eu nem conhecia, mas que dedicaram um tempo aos meus sentimentos. A partir desse dia passei a escrever meus textos diretamente no site. Recebi propostas de publicação de livros, porém nunca me interessei realmente em ser escritora. Quero apenas externar sentimentos contidos na minha alma, aqui no luso e em outros espaços. Não me considero um exímio na escrita, mas estou aprendendo dia a dia. Acredito que ter vontade já é o primeiro passo, e a vontade mora comigo desde que descobri meu olhar poético. Portanto, quem gosta de poesia e quer aprender a escrever essa topologia textual, deixe aflorar sentimentos. Leia muita gente que também sorriu ou chorou, na poesia. Mas nunca plagiou ninguém. Pinte a cara, limpe a cara, use máscara, mas seja autêntico em todos os seus textos. Faça justamente o que estou fazendo agora: escrevendo diretamente para um site de poesia. Não importa se o texto vai ser lido ou não. O importante é que ele foi nascendo pouco a pouco e agora ele precisa voar.
Lu

 


11/07/2017 Com Karinna
Semente

Colaborador

Tamojuntas amiga Karinna.

Também eu, já ando desencantada de publicar meus rabiscos. Ok, que eu não seja nenhuma poeta, mas uma escrivinhadora que está no Luso desde 2009, que publica o que parece ser bom.
Se conta por aqui dezenas de fakes. Penso que se trata de apenas uma pessoa...Vingativa, incapaz, improdutiva.
A entrar com seus vários perfis, joga pra fora da vitrine, muitos poemas de qualidade, de autores excelentes.
Fazer-se o que?
Não me refiro aos poetas e seus heterônimos. Mas ao fake que publica apenas uma frase qualquer...ou um texto de outro autor, e assim sucessivamente ....
Basta observar a grande vitrine, pra ver o que acontece.

Lamentável.


 


(1) 2 3 4 ... 90 »

Links patrocinados