Poemas -> Amor : 

Suspiros de Açúcar!

 
Tags:  #Quandoosolreluz  
 
Open in new window



vu-uu-uu! veee! vuum! vvvv!
Noites e dias a fio e ela suspirando!
Sonhando o espreitar das ruas desertas,
por causa do nevoeiro risca linhas incertas,
o mar solta-se nos braços do anoitecer
E nasce mais um sonho ao amanhecer!

Ninguém sabe o porque mas ela passa a vida a suspirar!
E essa intensidade abre docemente as asas para chegar ao seu amor,
Ela sopra e imagina o seu suspiro como a mesma intensidade,
com um doce suspiro feito de carinho, amor e açúcar!

Eles pegam-se em todas as esquinas como um verso,
Um verso atrás de verso até o amor soletrar mais amor!
E os suspiros perdidos encontram se enfim em todo o lado mas mais no céu intenso!
Eles pegam-se como uma chama que os chama ainda com mais amor!

Eles pegam-se nas esquinas dos seus pensamentos,
E encontram se de rosto envergonhado mas sorriem,sorriem muito!
E seguem no mesmo pensamento fixo, sempre focados nesta tão bonita magia que é o amor.

Suspiram para soltar o que esta preso na alma!
E assim deve se tratar, deve ser maravilhoso, ter um amor assim !
Olhem só! tudo voa por conta disto por conta de esse amor suspirado!
Eles pegam-se nas esquinas dos seus pensamentos e se amam tanto (...)

vu-uu-uu! veee! vuum! vvvv!
vu-uu-uu! veee! vuum! vvvv!
vu-uu-uu! veee! vuum! vvvv!
Sol apaga o forno, os suspiros estão prontos!

By. Quandoosolreluz/Quandoachuvacai /acor

https://acor13.blogspot.com/2019/12/suspiros-de-acucar.html?m=1


Eu sou só, mais uma sombra que anda por aí e quem projeta-me, inevitavelmente acompanha-me.

Íris Maria Fonseca Correia /Quandoachuvacai-acor
Frederico Anjos /Quandoosolreluz -acor
Luna /Quandoaluabrilha-acor


 
Autor
Quandoachuvacai
 
Texto
Data
Leituras
1121
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
27 pontos
5
3
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 28/12/2019 17:45  Atualizado: 28/12/2019 17:45
 Re: Suspiros de Açúcar!
Um poema doce e comovente, lindo e belo