https://www.poetris.com/



« 1 2 (3) 4 »


Re: Nova obra de Vóny Ferreira apresentada em Leiria
Colaborador
Membro desde:
14/8/2007 21:14
De Setúbal
Mensagens: 11191
Voninha,
Já falámos ao telefone sobre os meus constrangimentos, mas sabes que estarei contigo em espírito e que sou uma das tuas maiores fãs. Cá espero ansiosamente um exemplar autografado.
Beijinhos e os maiores sucessos, amiga querida.
Nanda

Criado em: 8/5/2011 13:48
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Nova obra de Vóny Ferreira apresentada em Leiria
Da casa!
Membro desde:
6/12/2009 10:07
De Rio Tinto, Gondomar,Porto
Mensagens: 337
há mariposas que não precisam de despertar, a cada olho que abrem todos os dias já enchem o céu de poesia, no caso.
Vony desejar-te felicidades seria demais para mim uma vez que as mariposas nascem de mãos que são santas pelas letras e fortes pelo sentido. Boa sorte cara amiga, um dia também eu queria ter uma mariposa tua no meu quarto se não te importares

Criado em: 8/5/2011 17:09
_________________
F.Pereira, poeta
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Nova obra de Vóny Ferreira apresentada em Leiria
Membro de honra
Membro desde:
14/5/2008 21:44
De Leiria
Mensagens: 9702
Nanda,
muito obrigada por estares presente num dos momentos que será para mim importante.
Tu melhor do que ninguém o sabes, pois também tens publicado com regularidade.
Grata amiga e um beijo.

Flavito
as tuas palavras são queridas!
Só me ocorre deixar-te um beijo meu querido e desejar-te igualmente as maiores felicidades no mundo da poesia.
Este romance para mim, que tem o nome de mariposa por tanto as adorar, é de facto muito importante na minha carreira como escritora. Sinto isso...
Bjs e obrigada!

Criado em: 9/5/2011 0:00
_________________
visite o meu blog aqui...http://vonyferreira.blogspot.pt/
Vóny Ferreira
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Nova obra de Vóny Ferreira apresentada em Leiria
Colaborador
Membro desde:
25/1/2009 12:13
De Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
Eis um sonho que te vive! Se venho tarde ou cedo não importa, o que vale é saber que sua alma sonha em páginas bem escritas e sua doação é plena. Mil momentos como esse que nos proporciona. Sucesso e sonhos. beijos talentosa amiga

Criado em: 9/5/2011 0:03
_________________
Devo confessar que sou o contrário, meus passos seguem em contrário.
Sou uma pessoa inquieta, vou onde meu vento me leva. Artista Plástica e escritora, as vezes sem saber se pintoraqueescreve ou escritoraquepinta...
Procuro por algo, mas a intenção n...
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Nova obra de Vóny Ferreira apresentada em Leiria
Membro de honra
Membro desde:
14/5/2008 21:44
De Leiria
Mensagens: 9702
Obrigada Vânia, pela presença aqui...
Desejo-te (IGUALMENTE) sempre o melhor.
Beijo. Bem hajas
Vóny Ferreira

Criado em: 9/5/2011 11:36
_________________
visite o meu blog aqui...http://vonyferreira.blogspot.pt/
Vóny Ferreira
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Nova obra de Vóny Ferreira apresentada em Leiria
Da casa!
Membro desde:
7/4/2010 23:12
Mensagens: 233
Minha querida amiga,

Está chegando a hora da Mariposa sair do casulo, não é?
Estou contando os dias, querida!
SUCESSO, SUCESSO, SUCESSO!

Um beijo grande,
Lila.

Criado em: 14/5/2011 11:22
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Nova obra de Vóny Ferreira apresentada em Leiria
Membro de honra
Membro desde:
14/5/2008 21:44
De Leiria
Mensagens: 9702
Opsssssssssss. obrigada lilocas.
Bjs

Criado em: 16/5/2011 14:35
_________________
visite o meu blog aqui...http://vonyferreira.blogspot.pt/
Vóny Ferreira
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Nova obra de Vóny Ferreira apresentada em Leiria
Colaborador
Membro desde:
24/7/2008 17:57
De Braga
Mensagens: 2803
Eu já nao vinha aqui há imenso tempo e não pude deixar de comentar este espaço, peço desculpa mas foi superior a mim e faço a pergunta. Perante o adiante exposto a apresentação será feita nos mesmos moldes, por uma questão de coerência?:

"Se em termos gerais se reconhece a existência de uma literatura ligth, não será de estranhar que essa definição chegue também à poesia com os seus modelos bem definidos, isto é: se eu disser sempre o mesmo, em linguagem comum, e seguindo a mesma metolologia, estou a compor poesia de cariz definível como light.

Certamente que tal mister, acompanhado pela profusão produtiva e adequado acompanhamento ao nível da exposição, me levará ao top, quer seja no hipermercado, na livraria de referência ou num sítio como este, o Luso-Poemas.

Tal ocorre com a Vóny Ferreira. Esta poetisa traz o drama para o centro do seu poema. Dilacera a lágrima ao extremo, cria espaços onde expõe amizade, amor, solidariedade... isto é: valores consensuais; recria constantemente o mesmo universo imagético, isto porque sabe ter assim leitura, mantendo-se portanto lá em cima, na prateleira onde o olhar pousa.

Se eu tenho algo contra esse género de métodos e formas de estar em literatura?, nada. Mas nada acrescentam ao nível da leitura porque não têm ideia capaz de iniciar debate profícuo, antes nos consolam temporalmente, criando, isso sim, e daí a relevância deste género, a necessidade, não só do autor criar constantemente, mas do próprio leitor sentir-se acompanhado nas agruras do dia-a-dia.

Em suma: Vóny Ferreira usa constante e habilmente esses artifícios, não para criar arte, tal como eu a entendo: algo intemporal; mas para a efemeridade do meio onde se movimenta. Estatisticamente, dos que li, diria um em dez acrescenta valor."
(Xavier Zarco)

e a resposta será esta:

"
Seria uma indelicadeza não agradecer-lhe esta referência à minha pessoa, embora discordando categoricamente do que afirma nalguns parágrafos, tenho antes demais que frisar que escrevendo como escrevo “compulsivamente”, trabalhando muito pouco aquilo que escrevo, terei certamente um longo caminho para percorrer, e com toda a certeza
tudo para aprender em termos de escrita. Absurdo seria não ter essa consciência desse factor primordial, porque isso reduz necessariamente qualquer um à estagnação. E eu recuso-me a estagnar!!!
Lembra-se do que me disse por e- mail quando lhe pedi que analisasse os meus poemas, para possível edição do meu livro Cascata de Sílabas”?
A sua opinião foi a melhor possível!!!
Pois… pois…
Se na altura a minha opção foi editar por outra editora deveu-se exclusivamente aos preços que me foram indicados pela sua editora e aos direitos de autor. Entrando em termos de comparação optei pela que me proporcionava melhores condições. Tudo normal, como é óbvio!
Mas... lembro-me que de si, recebi e li os maiores elogios, como provavelmente se lembrará.
Eu quando escrevo não penso (nunca) nas leituras, está equivocado.
Escrevo sobre o que sinto e penso. Se é light ou não, não sei… mas esse é um ponto que gostaria de frisar porque não tem qualquer cabimento fazer tal dedução. É naturalmente a sua opinião. Respeito-a. Mas não corresponde minimamente à verdade. A sua e a minha verdade serão, como sabe sempre subjectivas.
A maior parte dos textos que postei neste site e outros, já os tinha escrito há anos, logo não faz o menor sentido sugerir que uso determinado método
para obter leituras. Quando é que definitivamente se convencem que sou de facto indiferente às leituras? Por mais que uma vez solicitei ao responsável deste site que apagasse todas as minhas estatísticas. Sabia?
Se fico ou não para a posteridade nem eu nem o Pedro o saberão. Mas creia que isso é o que
menos relevância tem. Apenas escrevo porque gosto. Porque preciso. Entende?
Obrigada por tanta generosidade. Mas eu dispensava-a, acredite! Seja como for... repito, obrigada!
Um grande abraço,
Vóny Ferreira


Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/ne ... ryid=136241#ixzz1N1ktqhlI
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives

Se assim for tenho muita pena de não poder estar presente, esta eu não perdia por nada deste mundo.

como disse no inicio, não resisti...
nâo leves a mal xavier, abraço






Criado em: 21/5/2011 23:10
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Nova obra de Vóny Ferreira apresentada em Leiria
Colaborador
Membro desde:
17/7/2008 22:41
Mensagens: 2253
Camarada Jaber,
Antes do mais, obrigado por chamares este tópico para o topo no Forum.
Ora bem, se leres com atenção o que acima se escreve, melhor: escrito por mim, Xavier Zarco, que é a única designação que utilizo, isto é: não faço uso de múltiplos utilizadores, seja estes empresas, coisa reprovável, na minha opinião, num espaço como este, ou de personagens cuja diferenciação literária de facto não existe; facilmente se deduz o essencial sobre Poesia, ou acção poética, tendo em atenção, não obras, mas esparsos, mas, naturalmente numa visão própria, a minha como leitor.
Um livro (e este, onde se insere o teu comentário, não é de Poesia) tem, para mim, pelo menos, uma dupla leitura: a sua capacidade de criar diálogos internos, capazes, inclusive de superara a falta de rigor, melhor: arte; na minha concepção de arte, na construção das partes; ou uma linha onde as partes, estas, contribuem para a fruição das mesmas, sem que a obra, como um todo, seja prejudicada.
Posto isto, a minha visão dos esparsos da autora analisados na altura mantém-se inalterada, ou seja: há um esquema construtivo que a autora domina, e bem, caso contrário não tinha a capacidade de envolver os leitores, fazendo-a um dos autores mais lidos neste espaço.
No entanto, também verdade que relativamente à sua capacidade de organizar um livro, no género de Poesia, a minha opinião não se alterou (também é certo que após o “Cascatas...”, nada mais li seu neste género, como livro ou projecto de, inédito ou editado), fá-lo e bem, isto é: tem a condição de criar obra, melhor: Obra; no sentido em que há uma coerência interna, capaz de dizer algo ao leitor, mesmo a este.
Este romance tem... bom!, colocarei aqui a minha leitura sobre o mesmo, mas só após a sua apresentação.
Já agora uma nota final: quantos autores ultrapassaram a mera condição de autores para se criarem vínculos de amizade (ou quase) após discussão conceptual? bastantes!, quantos alteraram radicalmente a sua forma de estar na escrita?, nenhum!
E ainda bem que assim é.
Um abraço
Xavier Zarco


Criado em: 22/5/2011 22:54
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Nova obra de Vóny Ferreira apresentada em Leiria
Colaborador
Membro desde:
9/4/2011 1:11
De Lisboa, Portugal
Mensagens: 1822
Parabéns a esta grande escritora de sentimentos, grande autora, grande poetisa.
Com muita pena não poderei estar presente, mas as mais sinceras Felicidades.
Abraços.

Criado em: 23/5/2011 3:33
_________________
Open in new window
Transferir o post para outras aplicações Transferir







Links patrocinados