http://spumis.pt/
 
Poemas : 

funesta arte...

 
Modéstia á parte, embora considerando o que eu faço também de funesta arte
E bem dentro de meu mundo feio, aquele onde perdi o fio e a meada quando ainda ia nem a meio
E dentro de mim e de meu segredo obscuro, nada na vida agora me prende
Embora me ache cercado por um invisível e alto muro
e como fui eu por ti destruído ,meu sonho de petiz, ser também um dia feliz
por ti foi sofregamente engolido
e nunca conseguirei te perdoar, tu que também me mentistes quando me jurastes que me estavas a amar
mas teu duro golpe não me matou simplesmente me fez mais forte
e todo o meu misero azar é agora toda a tua triste sorte
e meu sorriso permanece de puro sarcasmo, tua morte em minha vida me será servida como o meu maior e intenso orgasmo….

 
Autor
kripy
Autor
 
Texto
Data
Leituras
521
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 15/03/2012 21:33  Atualizado: 15/03/2012 21:33
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 19669
 Re: funesta arte...
Um vibrantemente poema que esta uma verdadeira arte

Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...