https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Amor é semente que precisa ser irrigada

 
Tags:  AjAraujo    poeta humanista  
 
Open in new window













Ainda agora o crepúsculo
Em intensos matizes
Coloriu a abóbada celeste

E como em um palco de teatro
Surge a amada lua, linda e graciosa
Reluzente, no espelho da baía

A tarde morre mansamente
E as ondas espalham conchas e desejos
Na areia, sob a face do luar na praia

Ainda agora mirei o céu anil
Garças, nuvens cirrus, aviões
E sinto no ar, uma doce brisa de espera...

À noite chega e brilha teu rosto
E os rios partem do coração, inundam meu ser
Palpitação e a vontade de lançar-em em teu mar

Ainda agora pensei na transição
No intervalo mágico dos fenômenos
E o amor - posto que é chama imortal
- sempre surgirá:

... em um olhar apaixonado
... em um doce beijo

Ontem, hoje ou amanhã...

Por isso te espero,
Mas, não te demores!
O amor precisa ser irrigado
Para tornar a vida plena, em cores e flores...



AjAraújo, o poeta humanista, escrito em Janeiro de 1980, revisitado em Janeiro de 2009.
 
Autor
AjAraujo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
528
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.