https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Retorno

 
Tags:  dor    gotico    retorno    auto-mutilação  
 
Retorno
 
São armas do amor,
Que nos obrigam a ceder.
Fazem-nos chorar,
Esxudar pequenas partes
Do nosso corpo.

Decadentes lâminas,
Que perfuram sem razão.
Talvez para sentir,
Talvez para adormecer,
O sangue que corre nas veias,
Desesperado por sair
E pintar todo este quadro de dor(mência)
De um vermelho exuberante,
Como um grito de ajuda.


Punhais que me esquartejam a alma,
E penetram a minha pele,
Para que toda a confusão,
Toda a dor e frustração
Escorra, e "desapareça",
Com o simples passar de um pano.

Os punhais, as lâminas,
Cortam
Infligidas pelas minhas próprias mãos,
Dão-me o controlo e o sentimento que preciso.
E depois, a água e o sal das minhas lágrimas,
Lava tudo isso.
E o início,
Retorna a mim.


A poesia é a alma, a alma, somos nós, por conseguinte, nós somos poesia...

Decidi fazer este poema sobre a auto-mutilação...
Um problema que assola cada vez mais os jovens de hoje em dia, e não só no estrangeiro...
Aqui apresento uma versão poética da auto-mutilação.



Imagem: Google Imagens
Música: "Good Enough" - Instrumental by: Evanescence

<object width="0" height="0"><param name="movie" value="http://www.youtube.com/v/RuoU7Ggh4K4& ... t;</param><param name="allowFullScreen" value="true"></param><param name="allowscriptaccess" value="always"></param><embed src="http://www.youtube.com/v/RuoU7Ggh4K4& ... _PT&fs=1&autoplay=1" type="application/x-shockwave-flash" allowscriptaccess="always" allowfullscreen="true" width="0" height="0"></embed></object>
 
Autor
Inspiração_Estelar
 
Texto
Data
Leituras
2313
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
agniceu
Publicado: 11/08/2010 01:06  Atualizado: 11/08/2010 01:06
Da casa!
Usuário desde: 08/07/2010
Localidade:
Mensagens: 272
 Re: Retorno
Um poema que nos arrepia…extraordinariamente bem escrito, mas espero no fundo do meu coração que tenha nascido do teu íntimo com a essência de alertar, nunca com essência de um grito…

Seria um desperdício …ver alguém tão especial deixar-se vencer pela dor de um amor, e pior, prolongar essa dor profunda na pele…

Vamos fazer de cada instante presente, uma saudade alegre, para que a lembrança futura, seja saudável…

Muita luz, Muita luz, para ti, reflexo da lua .


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/08/2010 21:32  Atualizado: 11/08/2010 21:32
 Re: Retorno
Um poema lindo, todo intenso... e quanto de nós nos mutilamos nosso interior, e quantos nos mutilam a alma e o coração... muito lindo poetisa, parabéns, bjus.