https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

SALVE-ME

 
SALVE-ME
 
 
Por quê desta dor que rasga a alma? Sinto-me em carne viva.
Eu quero somente um abraço apertado, um peito forte para poder
Derramar as mil lágrimas vertentes...
Nem mesmo sei quem sou.
Que solidão! Que solidão!
Preciso urgentemente de um amor sincero.
Que transforme-me em flor.
Agora sinto-me deserto, areia e sal.
Será que alguém que está a me ouvir?
Alguém poderá me socorrer?
Estou a morrer sem amor, o meu tempo urge...
As lágrimas encharcam minha camiseta, vontade de gritar, a voz não sai.
Queria poder amar... Onde está você?
Peço que escute o meu chamado – e, apareça!
Não aguento mais caminhar com os meus pés.
Socorro! Socorro!
Eu preciso de você aqui do meu lado.
Apanhe-me nos braços e me salve desta angústia, liberte-me desta amargura.


Viagem nos sonhos e sintam na alma o que é poesia!

 
Autor
ROSA DO DESERTO
 
Texto
Data
Leituras
1152
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.