https://www.poetris.com/
 
Textos -> Amor : 

Foi naquela tarde de verão, (...)

 
E foi naquela tarde de verão, em que os nossos caminhos se cruzaram para formar um só, foi naquela tarde de verão em que os nossos olhares se encontraram por mero acaso, foi naquela tarde de verão, entre sorrisos e palavras meigas, que o "eu" e o "tu" deixaram de existir para agora darem lugar a um carinhoso "nós". Foi naquela tarde de verão, enquanto caminhavamos à beira-mar de mãos dadas e comtemplavamos o pôr-do-sol, que nos apercebemos que o verdadeiro amor não pode ser negado. Era apenas uma questão de tempo. Foi naquela tarde de verão, quando escrevemos os nossos nomes na fina areia da praia, que tudo fez sentido; desde o primeiro "amo-te" envergonhado, ao ultimo beijo apaixonado que parece não ter fim. És tu. Sou eu. E desde aquele momento, somos nós. E foi tudo naquela tarde de verão.


Carina Sofia Rodrigues

 
Autor
CARINARODRIGUES
 
Texto
Data
Leituras
1777
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.