https://www.poetris.com/
 
Mensagens : 

Minha vida

 
Papel e lápis em mãos, para tentar descrever a minha vida, de repente sinto o deslizar do lápis escrevendo coisas sem sentido, assustada, paro e viajo em meus pensamentos. Logo desperto e vejo que os rabiscos aumentam; de repente já não sei o que estou escrevendo são tantas coisas sem sentindo, são tantas palavras que mudam de lugar. Olho para o papel e vejo as letras se movimentar, é como se minha vida fosse um quebra-cabeça mais as peças sempre aumentam já não sei como encaixar, são tantas formas e maneiras que encontro para tentar passar por cima de todo sofrimento e de toda dor que já sentir. De repente me vejo desenhando um caminho, no caminho sempre palavras que me afetam, na maioria das vezes vejo rostos tristes, são tantas lembranças que não se acabam mais. Cansada de tanto sofrer jogo o caderno no chão e saio correndo tento me esconder e não acho nenhum lugar, então paro, respiro fecho os olhos e começo a sentir um vento forte, abro os olhos lentamente com medo do que vou encontrar, vejo uma montanha onde consigo quase tocar o céu, lá de cima vejo tudo, o caminho que percorri; as batalhas que já enfrentei; as coisas que já conquistei; mais de repente olho pra trás e vejo você comigo, te abraço e te sinto, ai percebo que todas as barreiras que passei você sempre esteve comigo, só eu que não consegui te ver mais agora já sinto você dentro de mim.




Kíssila

 
Autor
Kíssila
Autor
 
Texto
Data
Leituras
856
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 03/01/2012 12:24  Atualizado: 03/01/2012 12:24
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29955
 Re: Minha vida
UM POEMA AVASSALADOR, UMA MAGIA.

MARTISNS


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/01/2012 00:12  Atualizado: 04/01/2012 00:12
 Re: Minha vida
Realomente um poco confuso mas deu pra perceber e entender.


abraço