https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Góticos : 

Alma despedaçada

 
Beije minha boca ardente,
Equanto resta sangue a ser provado,
Pelo verdadeiro pegador de almas mortas,
Aproveite aquilo que resta sobre minha carne.

Mate meu coraçao para me tornar sua rainha,
Me corte em sua mesa de sacrificio,
Me torne sua Xamã me fassa sofrer pelo oque senti por ti.

Fui capaz de amar muitos homens para me satisfazer oque tinha me ferido,
Me odeie me puni por cometer tantos erros e ainda me sentir glorioza,
Minhas pobres queixas sobre minha suplica de morte sao fracas para tornar-lhe realidade.

Corte minha pele para perdoar aqueles que magoei,
Sugue até a ultima gota de sangue para me poupar de viver ao lado de quem nao me quer viva,
Me tortura se assim deseja mas nao deiche minha alma vagar por ai quero meu mundo infeliz quero minha alma vendida aquele que nunca deveria amar quem amou tanto.

Assim seja minha vontade de sacrificio.
 
Autor
milenadarck
 
Texto
Data
Leituras
832
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
0
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.