https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Balada de amor

 
Tags:  AjAraujo    poeta humanista  
 
Open in new window

















E na balada do sono
tento encontrar o meu amor
que se foi como a brisa
de outono.

E na balada do sono
tento, mas nada alcanço e
já termo a solidão chegar
na primavera.

Ah, se você chegasse
E cantasse a melodia
de amor que tem guardada
em seu coração...

Ah, se você amasse
as flores e jasmins
teria então assim
de volta teu grande amor.

E você chegou
Meu amor renasceu
Nos bosques verdes
De nossa terra.

O vento acalmou, suave brisa
O sol já nos aquece na manhã
E contigo sei, que a vida foi
e será uma balada de amor.

AjAraujo, o poeta humanista, escrito em junho de 1977.
 
Autor
AjAraujo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
576
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.