https://www.poetris.com/
 
Contos -> Infantis : 

2 Contos De Sandra Sílvia

 
2 Contos De Sandra Sílvia
 
Sandra Sílvia: A Menina Dos "Esses"


Sandra Sílvia fora alfabetizada muito cedo. Aprendera o gosto pelos livros com a mãe: D. Magna Matilde.

Um dia, questionada pelas coleguinhas da escola, por que tinha nome duplo e com dois 'esses' de inicial, ela respondeu sem muito pensar:
" Não sei bem, acho que minha gostava dos dois nomes e resolveu colocar quando nasci..."

Voltou a brincar no pátio distraída. O sinal bateu e o recreio acabou. Voltando à sala de aula, a professora da classe, chamou-a ao quadro:
" Sandra Sílvia por favor, aqui na frente! Responda às questões no quadro."

Ela se levantou e respondeu tudo de maneira correta, ganhando um "Muito bem" da mestra.
No fim da aula uma de sua amiguinhas disse-lhe ao sair:
" Acho que isso de ter dois nomes dá certo: Você é bem inteligente. Vai que sua mãe sabia que daria sorte isso..."
E Sandra respondeu:
" Bem, minha mãe também tem dois nomes próprios, talvez seja verdade..."

Ao chegar em casa, a menina correu ao quarto para rever seu cachorrinho Bobby. Acariciou-o, e ele logo se pôs ao seu lado em mais uma leitura de contos de fadas...
Sua mãe entrou sem a menina perceber, tão entretida que estava! Então disse-lhe:
" Sandra Sílvia, como foi seu dia na escola, filha? Não veio falar comigo, correu para o quarto! "

A menina voltando-se para olhar a mãe respondeu:
" Muito bem, mamãe. Acertei todo o dever que a professora passou no quadro! Sabe mãezinha, acho que ter nome duplo me ajuda muito...dá sorte!

A mãe sentou na beira da cama, olhou para a filha e disse meio que sem jeito:
" Não minha doce menina. O que nos dá inteligência e cultura, são os livros, não os nomes...
O meu é bem feio: Magna Matilde... Meus pais deveriam estar loucos, quando colocaram esse nome em mim! O engraçado é que eu também fiz isso: Colocando o seu, com duas iniciais iguais!"

Sandrinha então, sussurrou ao ouvido da mãe:
"Mãezinha começa com "eme", como o seu nome. Para mim, a melhor de todas; que também é com M!

A mãe beijou a testinha da filha emocionada. Foi até a porta, já saindo... Entretanto, parou e falou como se contasse um segredo, assim como Sandrinha fez antes ao seu ouvido:

Você, meu docinho, é a minha menina dos dois "esses": Sincera e sensível...

Fátima Abreu
*********************

O Aniversário De Sandra Sílvia


Sandrinha não sabia, mas os amiguinhos da escola fizeram-lhe uma surpresa:
Sabendo antecipadamente do aniversário de Sandra Sílvia, (seria o primeiro naquele ano letivo, pois a menina fazia em fevereiro) a professora então resolveu juntamente com as outras crianças fazer a primeira festa do ano na escolinha, aproveitando disso...


Sandra Sílvia, sem desconfiar de nada, foi como todos os dias para a escola.
Sabendo sim, que de noite, sua mãe faria sua pequena festinha: Somente para a família.
Não que eles não quisessem convidados, mas sim, pelo dinheiro que era pouco, desde que apenas o pai estava sustentando a família...
Mas, D. Magna Matilde não se arrependera de ter deixado o magistério:
Sem saber maiores detalhes, Sandra não desconfiava que a saúde de sua mãezinha estava muito comprometida.
O médico decretou que ela teria de deixar de trabalhar: Pois além do estresse da sala de aula, ela já estava com um certo número de enfermidades: gastrite era apenas uma delas...

Quando chegou a hora do recreio, aproveitando que todos estavam no pátio, a professora arrumou a sala de aula, para a pequena festa de aniversário.
Bateu o sinal e todos voltaram para o recinto.
Sandrinha teve uma surpresa ainda maior,quando ao entrar na sala, encontrou além do bolo, seu cachorrinho Bobby! Levado pela professora de forma bem sutil: Pois tinha pedido pelo telefone da escola,
que D. Magna o trouxesse na hora do recreio. Dando assim, mais essa alegria a menina que era tão querida por todos ali.

A infância de alguém, pode não ter luxo: Porém, pode ter momentos inesquecíveis!

Assim foi o aniversário de oito anos de Sandrinha.
E de noite, na festinha entre a família, contou tudo que acontecera em sua festa surpresa na escola, podendo dividir assim, mais uma de suas alegrias...

Fátima Abreu
*IMAGEM: Marcel Marlier (1930, Belgian)
 
Autor
FátimaAbreu
 
Texto
Data
Leituras
989
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.