https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Sociais : 

Pão dormido, choro contido (AjAraujo)

 
Tags:  AjAraujo    o poeta humanista.  
 
Open in new window

Havia sombras nos escombros
Onde houvera fardos sobre os ombros
Sacos de cimento pesados, rasgados
E os dorsos doloridos, arqueados

de súbito, acontece uma tontura
e um operário cai da altura
fica pendurado na tênue grua
vida por um fio, nada bela e crua

acidente é sempre previsível
para quem é explorado e trabalha
horas a fio, inútil vigília, incansável
na luta para repor o pão dormido da batalha...

AjAraujo, o poeta humanista, reflete sobre um acidente de trabalho que testemunhou.
 
Autor
AjAraujo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
793
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.