https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Duas luas cheias...sem sonhos...não mais...

 
 
Um fenômeno Divinal !
Do tempo que corre e grita...
Duas grandes luas no céu...

E nem assim sequer um sonho...
O que ocorre afinal...ah...
Estão sumindo as crianças.

Não durma mãe...
Não nos deixe acordados...
Nos ensine a sonhar..

Tudo é tão real agora,
Todos os monstros lá fora...
E você se tranca no armário.

Conte como era...
Ser bela, ser boa, ter esperanças,
Sonhar com torres e tranças...

Onde existiam feras, bruxas,
Ogros, mas tambem príncipes, mocinhos...
Onde o amor sempre vencia!

Ah...conta como era acordar assustada,
Pelas histórias contadas,
E então o grande final...

Tinha um abraço apertado,
Um beijo na testa...
E corações se tocando...

Dizendo em suave voz...
Foi só um sonho...
Estou aqui...Eu te Amo!

Que pena, nem mesmo duas luas
No céu a nos brindar... tão raras,
Tão sublimes e nuas em seu brilhar,

As mudanças foram além,
Transpassaram o tempo...
Mataram as palavras...

Agora! Somente o silêncio,
Sem sonhos...Sem palavras...
Sem abraços..sem ninguém...

Somentes a realidade nua, crua,
E um armário...sem sonhos...
Sem finais felizes...E sem...Eu Te Amo!




\\\\"Há quem diga que todas as noites são de sonhos. Más há também quem garanta que nem todas, só as de verão. No fundo, isso não tem importância. O que interessa mesmo não é a noite em si, são os sonhos. Sonhos que o homem sonha sempre, em todos os lugares, em todas as épocas do ano, dormindo ou acordado. (William Shakespeare)


\\\\"A percepção do desconhecido é a mais fascinante das experiências. O homem que não tem os olhos abertos para o misterioso passará pela vida sem ver nada.\\\\"
Albert Einstein



\\\\"Se um dia tiver que escolher entre o mundo e o amor... Lembre-se. Se escolher o mundo ficará sem o amor, mas se escolher o amor com ele você conquistará o mundo.\\\\"
Albert Einstein


Fiz essa poesia dia 30.08.2012 e a música original era essa:

https://www.youtube.com/watch?v=I5-m4HOBtmA

 
Autor
Dragonfly
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1122
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
33 pontos
9
4
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/12/2014 19:10  Atualizado: 13/12/2014 19:10
 Re: Duas luas cheias...sem sonhos...não mais...
Um dos textos mais tocantes que já senti...e a música...caramba. Não, não vou comentar, não agora. Que venham as imagens que já posso visualizar, pedirei por elas.



Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/12/2014 19:22  Atualizado: 13/12/2014 19:22
 Re: Duas luas cheias...sem sonhos...não mais...
Que todos nossos sonhos se abracem
Depois um beijo na testa
Que o sono seja de todas as noites
O amanhecer uma realidade
Sempre...sempre... com o coração em festa

bj


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 14/12/2014 08:28  Atualizado: 16/12/2014 09:55
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29997
 Re: Duas luas cheias...sem sonhos...não mais...
Lua de nossos lábios que se evanesce que brilha nos olhos errantes, encandecendo os encantos sublimes da vida.

Plantos mistério que vem da noite enluarada trazido pelos ventos, sombras que caminha pelos becos das madrugadas a procura dos vultos amantes.


Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 16/12/2014 04:12  Atualizado: 16/12/2014 04:12
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: Duas luas cheias...sem sonhos...não mais...
Embaixo do travesseiro dormem monstros.
As portas sonham lençóis vestidos de um céu de cetins.
Um lamento que ecoa como canção. Belo canto, então. Obrigada. Bj.