https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Introspecção : 

O gênio (Leonard Cohen)

 
Open in new window

Por você
eu serei um judeu do gueto
e dançarei
porei meias brancas
em meus membros deformados
e envenenarei poços
por toda a cidade

Por você
eu serei um judeu apóstata
e contarei ao padre espanhol
sobre o voto de sangue
no Talmude
e onde os ossos
do menino estão ocultos

Por você
eu serei um banqueiro judeu
e arruinarei
um velho e orgulhoso rei caçador
e acabarei com sua dinastia

Por você
eu serei um judeu da Broadway
e chorarei em teatros
por minha mãe
e farei pechinchas
por debaixo do pano

Por você
eu serei um médico judeu
e procurarei
em todas as latas de lixo
por prepúcios
para costurar de volta

Por você
eu serei um judeu de Dachau
e cairei na lama
com membros deformados
e uma dor intumescida
que ninguém poderá entender

Leonard Cohen (1934-), poeta e compositor canadense.
 
Autor
AjAraujo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
437
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 22/09/2015 12:45  Atualizado: 22/09/2015 12:45
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29295
 Re: O gênio (Leonard Cohen)
Simpelemente um lindo versejar.

Um povo que foi massacrado em um passado triste, que é ainda perseguido nese mindo tão desigual