https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Oficio

 
Fazer bradar a voz calada
Resistir a opressao que impoem a nossas casas
Sobreviver aos campos de batalha
Arames farpados grades e cadeados
Fingem nos proteger enquanto na tv existem jornais manipulados o sensacionalismo liberado
Dao voz a emersao de seres comprados
Impedir esse plano de ser executado
Lobotomia alienaçao inversao de valores
A dicotomia mundial de classes religioes raças e cores
Cultuam desamores enquanto as massas se dividem
Os demagogos estelionatarios se unem e te oprimem
Somos todos livres em liberdade condicional
Enquanto lhe retiram a educaçao a saude a cultura desviam seu olhar com o carnaval
Te dao pao e circo e te fazem de palhaço no picadeiro central

" O manifesto dos iguais e a denuncia do fosso que separa a igualdade formal"

 
Autor
vandin99
Autor
 
Texto
Data
Leituras
435
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
22 pontos
2
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/07/2016 16:11  Atualizado: 10/07/2016 16:11
 Re: Oficio
Um belo poema em forma de crítica, atente-se à acentuação!