https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Solidão : 

Anti-Social

 
Tags:  vida    tristeza    reflexão    rimas    social  
 
Anti-Social
 
Não se comunicar, não se deixar experimentar
Buscar sempre se afastar, com medo de se expressar
Com medo de poder se machucar se tentar
Nunca permitir interações, essa é uma das lições
Razões essas de está sempre reclamando da solidão
Com uma memória de elefante para relembrar das decepções
Orações recitadas pelas desilusões que assombram pela escuridão
Do vazio sem sentido, do resultado do caminho escolhido
Da sombra do passado buscando um espaço no presente abalado
E que nunca é deixado, é cultivado, bem cuidado
Tornando a vida um cubo, com quatro esquinas
E sempre no final da estrada, uma rotina depressiva
Esse é o cotidiano de quem vive assim todo o ano.

Nos olhos não há vida, não há nada
A vontade de viver, a vitalidade, foi totalmente sugada
Esgotada, toda esfarrapada antes de ser levada
Não possui mais visão, cegos na depressão.

Qualquer tentativa de ajudar nada irá causar
A própria pessoa deve se permitir mudar
A mudança as vezes é má, mas inevitável
Mesmo que traga consigo um fardo pesado
É necessário deixar algumas coisas de lado, para seguir em frente
Algumas pessoas possuem o medo de fazer parte de um grupo, dizendo ser diferente
Mas existe uma palavra motivacional adequada, "Tente"
"Experimente", mas são apenas palavras
Fáceis de dizer, difíceis de exercer
Quem é só, mesmo sem aparentar, precisa de alguém para conversar
Mesmo que, aparentemente esteja tranquila com a vida escolhida
Mas sua vontade de se conhecer, e conhecer os outros, está escondida
Reprimida, totalmente distorcida.

"Eu me sinto só, mas não quero que sintam dó"
Consigo compreender quem pensa dessa maneira
Falta total de compreensão quem julga ser besteira
Dizem até que, quem se fecha é "fresco"
Uma vez escutei isso, e não me esqueço do sujeito
Depois do estrago, por ele feito, nenhuma desculpa foi dita
É comum criticar a vida de um outro alguém
O difícil mesmo de se fazer é cuidar da própria
Pois se não fizer, outros cuidaram, e te apelidaram
Como "Zé Ninguém", e não existirá um porém
Mas, para as pessoas que possuem esse medo
Utilizem da força adormecida que todas tem
Ainda há tempo, quanto mais cedo, melhor
Não importa o quanto esteja pior
A tendência é dificultar, enquanto não revidar
Se mexa, alcance o objetivo que almeja.

Ser comunicativa é algo que não condiz com essas pessoas
Que possuem a mente entristecida e desprotegida
Mesmo sendo difícil interagir, devem insistir, persistir
Podem conseguir, e no final irão sorrir
Vençam a neblina densa, na imensa escuridão
E, lá na imensidão, haverá luz no coração
Reacendido, encorajado, destemido, e o mais importante
Vivo.

 
Autor
AteopPensador
 
Texto
Data
Leituras
1129
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.