https://www.poetris.com/
Poemas -> Amor : 

O AMOR VEM DEVAGAR

 
O amor vem devagar,
Invade o nosso coração
E tenta fazer a moradia
Aonde menos se espera.

O amor vem devagar,
Bate na porta do coração,
Se ele estiver aberto
Ele adentra como um simples
Mortal bem devagar para
Poder fazer a tua moradia.

O amor é assim
As vezes muito agressivo,
Outras vezes calmo,
Ele apenas faz com que
A cada batida do coração
O sangue corra nas veias
De felicidade quando se ama.

Um amor para se gostoso
Tem que ser bem devagar
Para que todos possam
Apenas sentir o bater suave
Do nosso coração quando
Fala-se em amor e nada mais.

Comendador Marcus Rios
Poeta Iunense - Acadêmico -
Membro Efetivo da Academia Iunense de Letras (AIL)
Membro Efetivo da Academia Marataizenses de Letras
Embaixador da Paz
Poeta do Amor


A cada estrela que brilha,
apenas sinto o teu olhar
A me observar com as
Tuas doces palavras de amor
Que toca o meu coração.
Comendador Marcus Rios
http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.5/pt/deed.pt_PT

 
Autor
MarcusRios
 
Texto
Data
Leituras
82
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 20/06/2017 03:26  Atualizado: 20/06/2017 03:26
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 8574
 Re: O AMOR VEM DEVAGAR
Boa noite Marcus, teus versos enredam uma cena em que as premissas do amor, pavimentam ao cotidiano do vosso personagem, parabéns pelo vosso envolvente poema, um abraço, MJ.

Enviado por Tópico
@poetamilnovo
Publicado: 20/06/2017 07:30  Atualizado: 20/06/2017 07:30
Da casa!
Usuário desde: 08/10/2016
Localidade: Salvador Bahia
Mensagens: 405
 Re: O AMOR VEM DEVAGAR
Brilhante e perfeito. Parabéns!