https://www.poetris.com/
Poemas : 

Grades da Alma

 
 
Despertei-me num labirinto de coisas
Coisas e sons e, pensamentos e outras coisas
Coisas e o silêncio e cores diversas, como arco-íris.
Na íris dos olhos, eu vi que a luz que era captada

Antes de tudo, antes do nada, eu era apenas inerte
No limbo dos pensamentos que para nada servem
E nas mãos da angústia de mãos dadas com o desespero
Por caminhos nunca antes percorridos

Eu ando cuidadosamente e os meus paços são pegajosos
A cada passo um grude que me prende ao chão da ignorância
A cada sentimento um novo passo para desnortear, mas não paro
Tenho medo! Tenho vontades e medos, mas não paro, continuo

Eu quero gozar, mas os arrolhos sufocam meus caminhos de gozo
Eu quero gritar, mas a minha voz é tão baixa quanto as minhas escolhas
Eu quero içar, mas nada é tão fundo quanto essa dor que asfixia
Eu quero, mas para onde me viro dou de cara com a truculência do ser

Deixe-me em paz! Eu vos suplico, não e atormentes, não!
Quebrarei meus espelhos para nunca mais olhar minha face estampada
Rasgarei minhas telas de homem e às traças lançá-las-ei sem dó
Beberei teu amargo ó alma desvalida que sonhas sem nada realizar

Silêncio!
Peço!
Não me adorne com seus entraves!
Deixe-me voar com os pássaros às ilhas solitárias longe de ti.

Meus olhos cegos de queixumes e lamúrias bebem o desatino
Meus pés correm apressadamente sufocam meus poemas e os pisam
Corro ainda mais, procuro a saída, mas como poso sair?
Ah! Se eu pudesse! Quebraria a antagônica imagem de minha alma para viver.

 
Autor
Gdemelo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
37
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
2
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 16/07/2017 23:47  Atualizado: 16/07/2017 23:47
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 12488
 Re: Grades da Alma
Texto lido e apreciado. Gostei do estilo hiperbólico e melancólico, de uma tristeza bonita e bem descrita. Apenas acho que pecou no" paço". Abraços e seja bem vindo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 18/07/2017 12:16  Atualizado: 18/07/2017 12:16
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 26898
 Re: Grades da Alma
Muitas vezes na vida estamos perdidos, mas existem aqueles momentos divinos que se erguemos novamente para a luz divina.

belo poema