https://www.poetris.com/
Poemas : 

*

 
Há luz para lá do escuro de um instante…há espaços vagos e pedaços preenchidos de vazios em eco…há a universalidade de tudo em cada universo que atravessa o túnel com um cântico iluminado na voz do silêncio!
Vou dançando e equilibrando o corpo na corda bamba…entre equilíbrios e quedas fica o espaço onde naufrago…num emergir urgente em cada passo da contradança!
A perfeição é uma utopia, nada fica e tudo muda nas passagens...até o vento se transforma na copa das árvores…as brisas do mar banhadas de rio também se movimentam na imperfeição dos temporais…rodam as ondas nos oceanos e as folhas nos bosques…o capim cai solto nas mortalhas da terra…
A luz muda de cor nos sons do dia…as asas perdem penas e os pássaros vivem sem explicação para os voos… as searas dançam em regas medidas da época…as colheitas são o após centeio …fermenta no pão com a boca a saciar horas…os roucos sentidos também partem…viajam nas (in)certezas que ocorrem na inspiração da natureza efémera…entre espaços e pedaços...nasce o vazio que preenche as formas...em cada elevação há sempre uma contradição e uma renovação!

Ana Coelho@ 2012


Ana Coelho
Os meus sonhos nunca dormem, sossegam somente por vagas horas quando as nuvens se encostam ao vento.
Os meus pensamentos são acasos que me chegam em relâmpagos, caem no papel em obediência à mente...

 
Autor
AnaCoelho
Autor
 
Texto
Data
Leituras
134
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.