https://www.poetris.com/
Poemas : 

União

 
União

Pétala perambula no ar. Pensa estar só.
Brisa chicoteia o som. Acredita ser surda.
Luz escurece o dia. Pensar está cega.
Escuridão brilha o vidro. Acredita ser feia.

Ar chicoteia a pétala.
Som perambula só.
Dia acredita ser escuridão.
Luz pensa estar cega.

Folha cai no chão. Está acompanhada.
Vento derruba a árvore. Ri um choro compulsivo.
Noite dança no espaço.
Está desacompanhada.
Claridade apaga o reflexo. Grita um murmúrio incompreensível.

Chão chicoteia a folha.
Árvore perambula no vento.
Espaço acredita no choro.
Reflexo ri de seu semblante.

Pétala, som, brisa, vento, luz, noite, claridade de unem para dançar uma dança que chicoteia o reflexo.

Alexandre Sansone
25.06.2008

 
Autor
Sansone
Autor
 
Texto
Data
Leituras
152
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Carii
Publicado: 15/05/2020 10:30  Atualizado: 15/05/2020 10:30
Colaborador
Usuário desde: 28/11/2017
Localidade:
Mensagens: 1943
 Re: União
...uma dança da natureza, um sentimento de vida, uma dança que une sentidos. Voei junto com a pétala como se fosse uma história. Gostei de passear pelos seus versos. Abraço!
Open in new window