https://www.poetris.com/
Poemas -> Amor : 

AMOR NEGADO

 
Tags:  amor    vida    esperança  
 
AMOR NEGADO

Hoje chove na minha rua e me molha o corpo
o frio penetra na pele e arrefece 0 meu coração
Estou gelado, hirto como se jà estivesse morto
Em casa, fui-me ver ao espelho, mas que emoção

Tudo mexia, os olhos brilhavam e eu respirava
o cérebro reagiu e ouvi uma voz doce me dizer
Vês? Olha 0 espelho e pensa que a vida é Fada
Que te tràs a magia da vida e nào te deixa morrer.

Podes sofrer, dizia a voz, podes sim mas acredita
Que nâo és 0 único, pensa que ha quem sofra mais
Se tu nâo tem uma vida que sei tu a querias bonita
Mas olha para essas crianças, saltam coma pardais.

E achas tu, que el as sac mais felizes do que tu?
É puro engano, crianças escorraçadas é 0 dia a dia
Pouco alimento, pouca instrução 0 coração nu
Faltando 0 amor que lhes é negado por cobardia.

A. da fonseca


SOU COMO SOU E NÃO COMO OS OUTROS QUEIRAM QUE EU SEJA

Sociedade Portuguesa de Autores a Lisboa
AUTOR Nº 16430
http://sacavempoesia.blogspot.com em português
http://monplaisiramoi.eklablog.com. contos para as crianças de 3 à 103 ans
http://a...

 
Autor
Alberto da fonseca
 
Texto
Data
Leituras
56
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.