https://www.poetris.com/
Poemas -> Esperança : 

AMOR NEGADO

 
Tags:  amor    sentimentos.  
 
AMOR NEGADO

Hoje chove na minha rua e molha o meu corpo
o frio penetra na pele e arrefece o meu coração
Estou gelado, hirto como se à estivesse morto
Em casa, fui-me ver ao espelho, mas que emoção

Tudo mexia, os olhos brilhavam e eu respirava
o cérebro reagiu e ouvi uma voz doce me dizer
Vês? Olha o espelho e pensa que a vida é Fada
Que te trás a magia da vida e no te deixa morrer.

Podes sofrer, dizia a voz, podes sim mas acredita
Que no és o único, pensa que há quem sofra mais
Se tu não tem uma vida que sei tu a querias bonita
Mas olha para essas crianças, saltam coma pardais.

E achas tu, que elas são mais felizes do que tu?
É puro engano, crianças escorraçadas é 0 dia a dia
Pouco alimento, pouca instrução o coração nu
Faltando o amor que lhes é negado por cobardia.

A. da Fonseca


SOU COMO SOU E NÃO COMO OS OUTROS QUEIRAM QUE EU SEJA

Sociedade Portuguesa de Autores a Lisboa
AUTOR Nº 16430
http://sacavempoesia.blogspot.com em português
http://monplaisiramoi.eklablog.com. contos para as crianças de 3 à 103 ans
http://a...

 
Autor
Alberto da fonseca
 
Texto
Data
Leituras
126
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
4
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Mr.Sergius
Publicado: 14/01/2021 18:02  Atualizado: 14/01/2021 18:02
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2018
Localidade:
Mensagens: 637
 Re: AMOR NEGADO
Quantas vezes nos avaliamos menos felizes que poderíamos estar? É olhando às crianças da rua, menos favorecidas, mas que conseguem sorrir que nos restaura a exata medida de quanto temos e quão ingratos somos. Lindo poema.


Enviado por Tópico
Erotides
Publicado: 15/01/2021 01:02  Atualizado: 15/01/2021 01:02
Colaborador
Usuário desde: 26/02/2020
Localidade: BRASIL
Mensagens: 692
 Re: AMOR NEGADO
Estive acompanhando os últimos três poemas.

Para descobrir se ama . A dor é amor .

Depois deveria eu pedir antes perdão pelo comentário. É uma bela poesia em meio à um desconforto. Andar pelo meio da rua como lobo procurando sentir o mesmo amor de antes.

Já no final descobre ser feliz, quê já teve muito amor e que as crianças é feliz sem ter esse amor.
Foi bom acompanhar seus poemas.