Poemas : 

Identificação

 
As autoridades competentes apresentaram o auto e lavaram suas mãos
como o outro.
O prevaricador constituiu-se arguido, contente, satisfeito, por finalmente ser alguém.
A Lei, o Estado e a Santa Religião comprazem-se, gordas, saciadas, soltando-se a preceito.
O Senhor Juíz ama-se. O Ministro admira-se fascinado defronte ao espelho...mágico.
O Abade louva o Senhor e arrota generosamente.

 
Autor
gillesdeferre
 
Texto
Data
Leituras
154
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
4
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
AlexandreCosta
Publicado: 17/06/2024 11:46  Atualizado: 17/06/2024 11:46
Da casa!
Usuário desde: 06/05/2024
Localidade: Braga
Mensagens: 208
 Re: Identificação
Assim vai o burgo... infelizmente!
Óptimo e incisivo o sarcasmo!

um abraço


Enviado por Tópico
Rogério Beça
Publicado: 17/06/2024 16:35  Atualizado: 17/06/2024 16:35
Usuário desde: 06/11/2007
Localidade:
Mensagens: 2088
 Re: Identificação
Em qualquer localidade perto de si...

Um murro no estômago.
Abraço