Poemas : 

Longitudinal abismo

 
Longitudinal abismo
 
Nem tenho paixões
por nada e nem por tudo, também
o que vejo, na verdade é
por meus sonhos que dormem comigo
te trazendo pra mim numa.cama.larga
no cume do monte verde
na grande floresta amazônica...

Diamantes flutuam a toda hora
no vale dos cristais no vão do pensamento
que predominantemente
permeiam no ocaso escrito teu nome
na lage feito fogo que incendeia
meu cárdio magro e cheio de cicatrizes
que vezes sangram entre eflúvios
e lembranças nossas...

Dificilmente haverá algo
que entorpeça minh'alma
que habita no gélido mármore
e preciso descer ao útero da terra
numa viagem de ida e volta
no mundo da poesia
feito flores de primavera
nos longínquos abismos
que fazem-me estranha sem ninho.

Laminadas são as lágrimas de diamantes
que navalham o desfiladeiro negro dos meus olhos
e ladrilham as calçadas donde passeia
em meus lábios nas vielas dos poemas que a ti dedico pois sonhar certamente não é de todo mal...

mesmo tendo a plena consciência
de que não vais mais voltar do estado inerte
em que estais a sombra das árvores frondosas
que juntos plantamos na eternidade .

Vestindo lágrimas no olhar
vejo a alegria plainar quando sonho contigo
nas escadarias da ilusão contendo o amor
de juventude que nutrimos para todo um sempre.

by
Ray Nascimento


Do fundo do meu ser; amo te ler; tua amizade e seu amor sincero são refrigero pra minha alma.Te amo Amiga do seu AMIGOMENINO!
Open in new window
Adriel

 
Autor
RayNascimento
 
Texto
Data
Leituras
105
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
2
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Alpha
Publicado: 19/06/2024 21:55  Atualizado: 19/06/2024 21:55
Membro de honra
Usuário desde: 14/04/2015
Localidade:
Mensagens: 1992
 Re: Longitudinal abismo
Olá, RayNascimento

No profundo abismo a luz se desfaz
Ecos sombrios dançam sem direção
Coração ousado, enfrentando voraz
A escuridão que consome, a razão!

A eterna dor que tudo consome, que trespassa tudo que é razoável. Existe tanta coisa que não mais tem retorno, e sobre essas só nos resta retirar tudo aquilo que de bom nos deixou. Olhar em frente e pensar que a vida se renova a cada dia, podendo fazer desses dias, dias felizes!

Cordiais saudações

Alpha

Enviado por Tópico
AlexandreCosta
Publicado: 20/06/2024 15:04  Atualizado: 20/06/2024 15:04
Da casa!
Usuário desde: 06/05/2024
Localidade: Braga
Mensagens: 208
 Re: Longitudinal abismo
"Laminadas são as lágrimas de diamantes
que navalham o desfiladeiro negro dos meus olhos"

quão fundo se nos mostra essa ferida!