Poemas, frases e mensagens de Luisa Zacarias

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de Luisa Zacarias

Quando me for...

 
Quando me for...
 
Amanhã será outro dia
Vivo o presente
O futuro ninguém o sabe!
Só O Senhor!

Sejamos felizes
Enquanto podermos.
A vida é para ser vivida
Com amor, com dignidade, com alegria, com esperança!

Olhemos o Horizonte
O Sol brilha, fusco fusco é a noite
As estrelas iluminam, a lua nos fascina a alma com seu encantamento!

A saúde é a chave.
Se não nos cuidarmos ela vira folha!

Então cuidemo-nos enquanto é tempo.

Amanhã poderá ser tarde para cada um de nós!
Vive o agora protegendo-te.

Da vida malígna
Do amor muribundo
Da má influência
Da má digestão

A chave não terá serventia!

Tu,
vira pó
do mesmo jeito.

Hoje sou carne
da mesma carne
respiro.
Fui sopro
antes pó.

Viemos á terra
a ela iremos repousar.

Quando me for...
virarei pó!

Antes olharei o céu
Brilharão as estrelas
O sol terá cor
A noite chorará de saudade!

Esta será a minha...

Deixarei nesta terra a minha passagem estreita,
o meu caminho, a minha afeição
escrita pela minha mão nas páginas brancas da vida!

(LuZ)LuísaZacarias(LuZ)
 
Quando me for...

Quero diversão...

 
Quero diversão...
 
Hoje, quero diversão.
Na minha mão os copos,
a bebida ingerida,
alegre o coração,
festejando a vida!
Apenas brilharão
os vaga-lumes na noite escura.
Também quero flores,
Flores que me alegrem,
ornamentando a sala, e
uma garrafa transparente
descansa em cima da mesa
qual será a sua finalidade!
Há! Não te preocupes,
espera que já verás.
Ela vai á cosinha,
e traz nos braços,
um braçado de rolhas,
ele fica estupefacto!

Nem acredito
no que estou vendo...
Há!!!!!!!!!!!!!
Laços abraçam,
Livros enfeitando a mesa,
A diversão começando,
O papinho ficando ótimo
A noite ainda é uma criança
mas, durará eternamente!
Chtim chtim...
LuísaZacarias
 
Quero diversão...

Inspiração!

 
Inspiração!
 
Minha mente é como um rio,
Minhas veias as salinas,
As artérias o frio,
O coração explode "minas"!

Meu corpo é a foz,
Onde o rio desagua,
Vibra a minha vós
Ao sentir-me tua.

Toda eu sou inpiração...
E, também belas poesias,
Em mim bate um coração
Que ama no dia a dia.

Sou musa e princesa,
Condessa e rainha,
Não tendo riqueza...
Sou mãe da filha minha.

Nasceu de mim foi milagre,
Neste jardim meu encanto,
No meu peito sempre guarde,
E taparei como manto!

Luísa Zacarias
 
Inspiração!

Importante...

 
Importante...
 
Importante...

No descarrilar da vida, há momentos de fragilidade nem sempre é boa nem má mas, há um dever de verdade.

Ao irmão que anda em baixo, devemos ter em atenção ao minímo deslize da sua fragilidade devemos-lhe dar a mão.

Não o devemos desdenhar não sabemos o nosso dia quando há nossa porta irá chegar, que não seja uma ironia.

Sou de fácil amizade mas, gosto de ter em conta corrente sendo amiga de verdade
sou humana sou poço, sou gente!

A vida não acaba por mim; nem por outros tantos que por aí habitam nesta terra de ninguém, se a vida já é um jardim de espinhos, quais os espinhos de além!

Não havemos então de amar...claro que sim meu bem querer e ao Senhor sempre purificar o dom da vida agradecer.

PS:Agora leia o poema ao contrário veja qual o seu sentido!LuísaZacarias
 
Importante...

AMOR VIDA

 
AMOR VIDA
 
AMOR VIDA

Cada palavra que escrevo é um sentimento...
Perfundo de mim sai...
Como um filho que acabo de parir...
Recebo-o de braços abertos, meu amor, minha vida...
Já fazes parte de mim...
Sem ti já não sei viver...
Tu és como o pão que vou saciando...
A água que mata a minha sede...
As ondas do mar que refrescam o meu corpo...
Tresloucada me sinto por Ti...
Quando o sol nasce e EU vejo o seu brilhar...
Imagino-me nele...
Assim nele viajo todos os dias...
Saíndo da nascente...
Percorrendo a terra...
Voltando ao anoitecer...
Como dois "namorados" ao encontro de um beijo laborioso!

Luisa Zacarias
17.07-2013
 
AMOR VIDA

As minhas cinzas...

 
As minhas cinzas...
 
Quando terminar aqui minha missão...
Não, pensem que parti para sempre!!!
Minhas cinzas suavemente voarão
Nesta terra em folhas suavemente...

Não respondo por mim! Nem o farei,
pois não tenho a certeza de nada:
Que o tempo chega a todos eu bem sei...
Aqui ninguém, fará justiça errada!!!

Minha vida vai ter fim aqui na terra...
Sómente neste jardim um dia encerra...
Mas, fica a obra do poeta para ler...

Alguém por mim faça o que eu pedir:
Nesta terra onde ouve gente a rir...
E, não chorarão por Eu morrer!!!

LUÍSA ZACARIAS
 
As minhas cinzas...

Não sei porque te escrevo!

 
Não sei porque te escrevo!
 
Como te desejo...
Como te adoro...
Como me deixas sem palvras...
Para te embriagar.

O meu silêncio penetra-me a alma...
Me rompe...cada palavra me fer a mente!
Mas porque te escrevo...
Não sei...

Só sei...que quero ficar neste abismo dentro do meu ser de ninguém!

Autora:Luisa Zacarias

"ROSAS DO MEU JARDIM"

Debruço-me sobre aquela flor encantada
Que meus olhos apreciam com fervor
É a sombra da madrugada
E a tarde calma de calor...

Quanta sede tem aquela rosa
Tão perfumada tão delirante
Que meus olhos exalam perfumosa
E me deixam tão radiante...

Quanto carinho lhe dedico
Rosa bela do meu jardim
E com tanto amor em mim fico
Debruçando meu peito em ti...

Quanto perfume teem estas rosas que são minhas
Quanta alegria me dão no meu jardim
Quanta ternura e carinho me teem dado
Quantas alegrias sem fim...

Autora:Luisa zacarias
 
Não sei porque te escrevo!

PRIMAVERA DOCE!

 
PRIMAVERA DOCE!
 
Chegas-te finalmente!
Andava desejosa de te ver...
O SOL é vida...
...É Luz...
Tem frescura...
Tem raios que brilham...
A alma seduz!!!

Vieste com Esperança...
Trazendo o teu carinho...
Deste-me outra vida.
Levantei-me, abri a janela...
Já os teus raios brilhavam...
Senti a tua doçúra...
Hoje, o dia tinha outra dimensão...

Espero não me enganar!
Nasceste, como uma criança...
Trazendo-nos a vitalidade...
A Esperança que pensava-mos estar perdida!
Mas, talvez possa-mos ter esta maneira de ver a tua beleza...
A tua sensualidade...
Doce...
És doce como o mel...
Sabes porquê?
Porque sem ti não haveriam as flores!
Nem o pólem delas para que as abelhas, mestras, podessem fazer o seu trabalho laborioso...
Que é o doce mel...
No seu favo...
Ai! Bela Primavera...
Ainda bem que chegas-te...
Estava desejosa do teu nascimento!

És a estação mais apreciada do ano...
Sem ti não havia vida!!!
Não existiria o mais belo colorido dos campos...
O mais lindo verdejante que me fascina o olhar.
Bem hajas minha "Primavera Doce"!

Luísa Zacarias
 
PRIMAVERA DOCE!

"aveludadas"

 
"aveludadas"
 
AS SIMPLES PALAVRAS
QUE SAEM DA ALMA
SÃO AS MAIS "AVELUDADAS" POESIAS.
 
"aveludadas"

Se o arrependimento mata-se...!

 
Se o arrependimento mata-se...!
 
Sinto em mim uma enorme revolta
para com certas pessoas...

Só temos noção do mal que nos fazem quando com elas "falamos".
Não entendemos o seu comportamento...
"Emprenham" pelos ouvidos, não pensam por elas próprias, têm terceiros para agirem sobre a sua maneira de ser.
É incrível, como não têm coragem de dizer as coisas na cara das pessoas e agem de uma forma inacreditável!
Se o arrependimento mata-se...! Hoje estaria morta, porquê?

Por motivos que não vale a pena descreve-los aqui ficam para comigo.
As pessoas são falsas apontam o dedo mas, não têm coragem de chegarem-se ao pé de nós, olhar-nos, nos olhos e preferem afastarem-se levantando calúnias. Essas pessoas não prestam mesmo. Enfim... Este é o meu desabafo de hoje que quis partilhar, pois não estava a sentir-me bem com este nó na garganta com a falsidade das mulheres que levantam calúnias.
Luísa Zacarias
 
Se o arrependimento mata-se...!

HOJE...

 
HOJE...
 
HOJE...

Hoje trago nas mãos
flores frescas para oferecer.
Quem por aqui passar
leva nas suas perfume.

Saudades me embalam,
deixo-me levar na balada
da canção feita serenata
cantada pelo estudante de Coimbra!

Ai!Ai! A vida que já não fáz sentido,
desejada é a partida
e o tempo que não chega...

Hoje era um bom-dia
para se apagar o sentido
da vida que não tem fim!

Findando o dia
levo comigo a esperânça,
nas madrugadas cansadas,
das noites mal dormidas,
pensando no que já perdi!

O tempo tem o seu tempo e,
Eu também tenho o meu.
A vida também tem o
seu tempo de viver na terra brava!

Sou flor tenho vida.
terei o meu tempo de viver e
de germinar para renascer
na primavera distante...

LuisaZacarias 16-02-2015
 
HOJE...

Como uma criança...

 
Como  uma  criança...
 
Como uma criança...
De mim deixei soltar
a criança de outrora.

Sorri com alegria
brinquei como criança
me enterneci com meus amigos
correndo atrás das bolinhas de sabão
que as pistolas
deixavam soltar pelo cano...

Foi um não mais acabar
de sorrisos
gargalhadas
e encantos
sem serem sonhados
nem programados
momentos estes
que não mais irei esquecer!

Guardadei para sempre em minha memória
no baú das recordações
onde se guarda o mais terno amor
de criança!

*****LuísaZacarias*****
*04-06-2014*
 
Como  uma  criança...

Viajando, no tempo ausente!

 
Dias e dias andando ausente de mim!
Preces, pra que a vida faça sentido...
Largada á deriva, como um barco em alto mar, perdida, sem me encontrar...
No tempo não há meserícordia!
Nesta solidão, angustiada, não sei porque vivo...
Sómente aqui...
Viajando, no tempo ausente!

Luísa Zacarias
 
Viajando, no tempo ausente!

RESPEITO!

 
RESPEITO!
 
Respeita cada palavra minha
Cada sílaba que eu deposito aqui
Com amor e dignidade
Respeito quem me comenta

Cada palavra minha é uma oração
É a minha saudade a falar mais alto que o meu ser
Cada palavra é um sentimento
Que nem sei explicar!

Mas fica para tu leres com respeito
Com amor
Pois só com amor me entenderás!

Cada momento de nossas vidas
É e será uma palavra cheia de amor...
Cada sentimento nosso é uma luz de esperança...
Cada dia de nossas vivências é uma sabedoria...

Então fica com estas minhas palavras
De reflecção e me dis o que achaste delas!

Autora:LuiZacarias
 
RESPEITO!

SAUDADE

 
SAUDADE
 
Saudade

...Meu peito está muito mas, muito apertado
me sinto explodir...
é um aperto que não consigo contorcer ela...

...meu Anjo a saudade invadiu-me a alma...

Luísa Zacarias
 
SAUDADE

Amiga...Agora me deu uma Branca!...Com amizade

 
Amiga...Agora me deu uma Branca!...Com amizade
 
Sorria agora minha linda amiga de cabelos negros.
Encanto de mulher sonhadora, que escreve lindos poemas de amor...
Você é mesmo o que eu descrevo aqui nos versos meus.
Mas, por instantes me deu uma "Branca"...viu!

**************************************************
**************************************************
**************************************************
Escrevo para ti com carinho,
como uma cartinha de amor,
também nela vai um beijinho
receba-o como uma linda flor.

Tu é p`ra mim um sol,
quando nasce a manhã,´
é a lua na minha inspiração,
és o poema em rol,
dentro do meu coração.

Agora me deu uma Branca...
Foi assim que começou
esta cartinha é mui`franca
vai p`ra ti e em mim ficou...

Espero que ao recebe-la,
já tenha p`ra mim resposta,
também quero uma muito bela,
como esta que é minha aposta!

beijinhos dourados...do meu Alentejo.

Dedicado á amiga Anggela.

Luisa Zacarias23-01-2014
 
Amiga...Agora me deu uma Branca!...Com amizade

MINHA JÓIA PRECIOSA...

 
MINHA JÓIA PRECIOSA...
 
MINHA JÓIA PRECIOSA...
Sinto cada vez mais em mim
Um amor sem fim a crescer
Dentro deste peito que estava adormecido...
Não me dou por rendida...
Em ti estou pensando
Minha jóia preciosa...estou-te amando...
Nunca deixei de te amar...
Continuo te amando eternamente...
Por ti me senti mulher...
Realizada num sonho...
Adormeço pensando em ti...
Acordo falando teu nome...
Dou-te os bons dias...
Olhando teu sorriso...
Sinto um arrepio na espinha...
Neste amor que não tem fim...
Por ti vivo...
E choro de saudade...
Que os Anjos te cantem um hino de amor e Saudade...

Luisa Zacarias
 
MINHA JÓIA PRECIOSA...

O DIA EM QUE VOCÊ PARTIU...

 
O DIA EM QUE VOCÊ PARTIU...
 
Partiste sem despedida
sem um adeus dizer
minha alma sentiu
chorou
sangrou
ficou a sofrer...

Nunca mais
foi a mesma coisa!
...Meu coração ficando triste...
...sem alegria...
...sem voz...
...sem vida...

Procurei-te entre todas as coisas...
entre os sóis brilhantes...
entre os sóis nublados...
entre nuvens brancas...
entre os céus estrelados...
pelos Invernos chuvosos...
pelas primaveras que não vejo mais...
pelos outonais descabidos...
pelos Verões idos...

Luísa Zacarias
 
O DIA EM QUE VOCÊ PARTIU...

HOJE...

 
HOJE...
 
Hoje...
Procuro, nas entrelinhas o teu sorriso,
Vou caminhando sem direção,
Remo, meu barco,
Ou, deixo-o levar pela maré,
Até que nos encontremos!!!

Fico esperando ver o sol nascer...
Depois ele iluminará meu caminho...
Só mente, eu, aqui, vou, ao teu encontro...
Na esperança de encontrar teu rasto...
Muda,
Vou,
No azul do céu me embriago...
E, fico perplexa...
Nesta vislumbra...
Que é o UNIVERSO...

...Hoje...
...me embriaguei...
...na minha solidão...
...te inventei...
...para elevar meu coração...
...Hoje...
Simplesmente...
...Hoje...
...deixei que me conhecesses...

...nada mais...
...Hoje...
...aqui...
...escrevo...

Luísa Zacarias
 
HOJE...

COMO UM AMO!

 
COMO UM AMO!
 
Em ti me delirio...
Nas tuas essências palavras...
Nelas me sinto embriagada!...
O amor é lindo...
Como a primavera a florescer...
Os pássaros já chilreiam
ao nosso assobiar.
O encanto do teu olhar,
é exêntrico...
Sussurro ao teu ouvido baixinho...
os corpos deliram de amor...
intenso é o seu suor...
que exala a paixão,
como um Amo!!!

Um cântico de amor...brindando a Primavera

20-Março de 2013 Dia Mundial da Poesia
Luísa zacarias
 
COMO UM AMO!



LuísaZacarias