https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

NOSSOS

 

Me rendo aos teus apelos que também são meus;
E nessa ânsia de querer,vamos ao nosso cèu;
Você transcende aos meus desejos de mulher;
Faz,diz e realiza o que minha alma quer.

Penetramos no universo que cada um traçou;
Os beijos,as carícias que o tempo resguardou;
Diante da fusão,se fizeram emblemas;
Que sinalizam-nos como astros dessa cena.

Percorro teu olhar,teus pensamentos sutís;
No afã de desvendar mistérios tão ardís;
Que possam me aclarar o que queres tu de mim;

Serás mesmo capaz de desposar-te desse mundo;
E caminhar no meu,onde meu ser profundo;
Só sabe te querer,neste amor enfim?

www.sonêtoseversos.blogspots.com

 
Autor
MadaiQueiroz
 
Texto
Data
Leituras
393
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
r.n.rodrigues
Publicado: 19/11/2009 23:29  Atualizado: 19/11/2009 23:29
Da casa!
Usuário desde: 27/04/2008
Localidade: São Luis do Maranhão
Mensagens: 289
 Re: NOSSOS
Salut, ma cherie poetesse

Tua poesia faz-me tão bem, como os violinos das "Quatro Estações" do mestre Vivaldi. Bela e musical que só o amor pode inspirar. Très beau!
abraços e beijos
r.n.rodrigues