https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Solidão

 
Amo a solidão destas cafeterias vazias,
Nestas em que esperamos com toda saudade do mundo
A presença de alguém que não existe
Onde a única companhia é o café quente o papel e a caneta.
Minha solidão esta ao lado, me olhando escrever.
Fica de pernas cruzadas, sempre olhando o nada.
As vezes sente minha falta e me abraça
E acho que estou me apaixonando por ela
Ela que nunca esperei, foi a única que sempre esteve comigo
A única que ama minha presença
Que me abraça com a saudade de um milênio
Minha solidão tem cheiro de café.
Tem o barulho do vento ventando e tem a cor do invisível
Minha solidão gosta dos lugares vazios,
Por isso escolheu meu coração.
Aqui ela mora e as vezes me deixa.
Se queixa quando me apaixono por outra.
Mais o coração do poeta não tem jeito
É da solidão e de todas as mulheres
Ao mesmo tempo.

 
Autor
Euclides
Autor
 
Texto
Data
Leituras
482
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 07/12/2009 23:30  Atualizado: 07/12/2009 23:30
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: Solidão
Aplaudo.
Abraço