https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Coração de Papel

 
Meu coração é feito de papel.
tem a sua letra marcada a caneta.
Meu amor!
a caneta não apaga nunca!
teu amor não foi a lápis,
nem preto e branco.
Teu amor foi pintado a giz de cera,
e guardado junto aos poemas de Neruda.
E nas manhãs que o sol arde em meu rosto
e as flores insistem em trazer-te ao nariz
leio no coração a historia do teu riso.
E ainda me parece que os dias,
são feitos de papeis de cartas,
escritos por tua letra exclusiva no papel.
Fique com o perfume que tuas mãos arrastava
em mim quando me marcava com sua escrita única.
Fiquei com os borrões de quando tuas mãos erraram.
Coração... minha folha é delicada,
não pode escrever qualquer coisa.
Escreve-me então um desses poemas
Que me contam a inocência dos teus olhos.
E se me olhar, e reconhecer-te nas palavras,
É porque tenho o coração de papel.

 
Autor
Euclides
Autor
 
Texto
Data
Leituras
2272
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.