https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

O amor é indivisível

 
Um verso,
um terço.

Uma canção,
Uma menção.

Apenas uma folha solta no tempo,
Apenas uma bolha de sabão ao vento.

Uma criança a sorrir,
No futuro a porvir.

Apenas a dormideira e o orvalho matinal,
Apenas o sonho e o brilho estelar outonal.

Uma cigarra,
Uma gaivota.

Apenas o mar com suas marés,
Apenas um barco a velejar e nós.

Ah, claro ainda há o amor, afinal
este é essencial e indivisível...

AjAraújo, o poeta humanista, escrito em outubro de 1980.
 
Autor
AjAraujo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
731
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.