https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

não sou essa

 
se eu fosse essa
caro amigo
eu nem me olhava tanto
não sou essa
mudo e sigo
sou eu mesma
a que persigo
com olhares
de grande espanto.


cruz mendes

 
Autor
Alexis
Autor
 
Texto
Data
Leituras
771
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
arfemo
Publicado: 28/04/2010 17:37  Atualizado: 28/04/2010 17:37
Colaborador
Usuário desde: 19/04/2009
Localidade:
Mensagens: 4812
 Re: não sou essa
Olá Alexis,

és e não és, e essa é a tua unidade essencial: nessa dissociação te revês "com olhares de grande espanto"... gostei!-)

beijos
arfemo


Enviado por Tópico
fogomaduro
Publicado: 28/04/2010 22:19  Atualizado: 28/04/2010 22:19
Colaborador
Usuário desde: 06/08/2008
Localidade:
Mensagens: 1478
 Re: não sou essa
feliz daquele que reserva em si a capacidade de espanto: belo o poema.

DM