https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Mais Um Sem Nome

 
Vivo em um mundo que não é meu.
Sinto na pele dores que nunca quis.
Nas noites escuras e frias amargo sozinho.
Nunca quis.
Quando choro meu brilho some
E sou tomado pela amargura e pelo medo.
Em meus lábios...
Sempre selo o segredo.

Dentro de mim há incerteza.
No meu caminho dureza.
Sempre tento fugir...
Fugir de mim,
Do medo,
Da dor,
Do amor;
Da solidão.
Porém é só a solidão minha companheira.
Só ela me acompanhou até agora.
Mas... acho que está na hora,
Na hora de mudar minha vida.
De buscar a felicidade e o trigo novo,
A alegria a muito esquecida.
E finalmente
Ser eu.
E ser feliz.
E viver!

 
Autor
TiagoSilva
 
Texto
Data
Leituras
464
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Avozita
Publicado: 23/07/2010 16:46  Atualizado: 23/07/2010 16:46
Colaborador
Usuário desde: 08/07/2009
Localidade: Casal de Cambra - Lisboa
Mensagens: 4533
 Re: Mais Um Sem Nome
É sempre tempo de mudar.
Nunca é tarde para ser feliz.
Força poeta e sê feliz!

Antonieta