https://www.poetris.com/
 
Contos -> Humor : 

É melhor com dois pássaros na mão

 
É melhor com dois pássaros na mão
 
Candinha, era a "fofoqueira mor" da vizinhança.
Não bastasse o nome, de Cândida, a "Candinha", era pelo "disse me disse", mesmo...
Seu lazer preferido era tomar conta da vida alheia, e parecendo uma repórter, estava em todos os lugares para saber de tudo que ocorria por ali, depois espalhava os dados colhidos pela vizinhança, que sempre procurava Candinha para saber das novidades do bairro.
Ela realmente fazia até um ato social: crianças perdidas, adolescentes que fugiam de casa, eram encontrados pelas indicações e observações de Candinha! Sabia sempre com quem um ou outro andava, isso a levava a descobrir até esconderijos de jovenzinhas que queriam cair no caminho errado... Foi uma vez evitar que um inocente parasse na prisão, mas a confusão...
Ela foi testemunha ocular de um delito realizado por um jovem de seus 23 anos, mas que a culpa veio a ser dada ao irmão dele. Quando Candinha soube do ocorrido, foi se apresentar na delegacia, e contou tudo para o delegado:
_ Não doutor, o Sr. me desculpe, mas prendeu o irmão errado.
_ E como a senhora sabe disso, D. Cândida, de quê mesmo?
_ Cândida dos Anjos, seu delegado, prazer... Mas voltando a situação do rapaz: Eu vi tudo, com esses olhos que não deixam nadinha passar!
_ E como foi então?
_ Olha, delegado, esse que o senhor mandou prender, se chama Fred, que acho até que deve ser apelido de Frederico... Nunca soube na verdade...
Mas ele estava na minha casa, namorando a minha sobrinha, na hora do roubo da quitanda do português... O outro irmão é gêmeo desse aí, e eu vi lá no local, é natural que o senhor se enganasse, não viu ainda os documentos dele?
_ Para dizer a verdade ainda não, porque não faz nem 15 minutos que o prendemos.
_ Pois então, olha lá! Vai estar escrito Fred, Frederico, não sei, como disse antes... Mas o outro irmão, que é realmente ladrãozinho barato, se chama Barney, ou será Barnabé? Será que Barney é só apelido, para um nome tão feio? ACHO QUE OS PAIS DELES COLOCARAM ESSES NOMES POR CAUSA DA TV...Enfim, quem vai saber?
_ A senhora até deveria saber disso, D. Candinha. Pelo que ouvi dizer por aí, a senhora é a pessoa mais bem informada desse bairro...
_ Qual nada, seu delegado! Isso é o que essa gente maliciosa acha...Gente que não tem o que fazer, e só quer fofocar a vida dos outros, o senhor sabe como é né?
_ Sei D. Candinha, sei...
Sendo assim, vou confirmar os documentos, e a senhora por favor assine aqui, o seu depoimento desse pequeno delito na quitanda do português.
_ Pois saiba que eu tenho muito prazer de ajudar a polícia, e também não ia deixar um inocente pagar pelo erro do irmão... Ainda mais sendo namorado da minha sobrinha, a pobrezinha, tá chorando que dá dó, lá em casa, por conta disso tudo...
_ Muito bem, caso esclarecido! Aguarde mais um pouquinho só, que já vou liberar o rapaz, e ele pode seguir com a senhora, para acalmar sua sobrinha.
_ Tá certo, seu delegado. Vou ficar aqui mesmo esperando pelo Fred...
O delegado saiu, tomou as devidas providências, e voltou, já trazendo o rapaz livre novamente.
Mas para espanto de D. Cândida, não era o Fred!
Era mesmo o tal Barney!
Ela arregalou seus olhos verdes, e quis dizer alguma coisa, mas engasgou, coitada!
O delegado trouxe um copo d'água e ela foi se recuperando do susto... Abriu a boca devagar e disse:
_ "Casa de ferreiro, espeto de pau", seu delegado... Pelo jeito, minha sobrinha anda muito espertinha... Está "pegando" os dois irmãos, e eu nem sabia...Mas saiu à tia! Eh, danada!!!

Fátima Abreu
 
Autor
FátimaAbreu
 
Texto
Data
Leituras
1013
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.